Arco, Tarco, Verva: Dicionário do Dialeto Caipiracicabano

Dexá barato

O mundo dá voltas. Quem aqui faz, aqui paga. Piracicabano sabe disso. Assim, quando se sente prejudicado, promete que não vai dexá barato. Ou seja: que vai dar o troco, que terá sua hora de vingança. Nego, quando abandonado pela muié, jura: “Num faiz mar, o mundo dá vorta. Eu num vô dexá barato. Da primera veiz, eu carco fumo no rabo dessa fiadaputa.”

Deixe um comentário