Arco, Tarco, Verva: Dicionário do Dialeto Caipiracicabano

Liga

Tanto pode ser uma pessoa qualquer como um amigo íntimo. Quando alguém passa pela rua, há quem fale: “óia só aquele liga ali, como tá capengano…” Ou, então, eufórico, como fazia o ex-prefeito Salgot Castillon, de Piracicaba: “O Carvaio Pinto, o Jânio? Esses nego são tudo liga meu.” O Diocleciano Villar também fala do Lula: “O Lula? Ele é liga meu, meu.”

Deixe um comentário