Celso Christofoletti reassume a presidência do XV de Piracicaba

DSC_0155O empresário Celso Christofoletti foi eleito presidente do XV de Piracicaba na noite desta segunda-feira, 16, após eleição realizada durante reunião extraordinária do Conselho Deliberativo na Sala Bauma de Imprensa do clube. O também empresário Ricardo Moura completou a chapa, que não teve concorrência, como vice-presidente.

“Adiantamos o planejamento por meio de reuniões durante as últimas semanas, já pensando em uma possível eleição, mas será a partir de amanhã que vamos definir melhor as nossas ações e metas para esse mandato até novembro. Depois desse rebaixamento à série A2 do Campeonato Paulista, me senti na obrigação de assumir e ajudar o clube a voltar para a primeira divisão”, disse Christofoletti.

No total, 30 conselheiros votaram, que terminou com 19 votos a favor da dupla, dois votos nulos, dois em branco e sete contrários. Antes do início do pleito, os candidatos responderam a diversas perguntas dos conselheiros, que puderam tirar todas as dúvidas antes de se posicionarem oficialmente.

Essa será a segunda vez que Celso Christofoletti assume o comando do Alvinegro. Eleito em 2012, o empresário foi responsável por uma das melhores campanhas do Nhô Quim no Paulistão. Em 2013, o XV de Piracicaba terminou a competição na décima colocação a apenas três pontos da zona de classificação para a segunda fase e, por consequência na época, para a conquista de uma vaga na série D do Campeonato Brasileiro.

Moura é homem de confiança do atual presidente. O empresário foi diretor de marketing durante a primeira gestão de Christofoletti e depois foi nomeado, por Rodrigo Boaventura, diretor tesoureiro, cargo que ocupou até o fim do Campeonato Paulista 2016. “Sou torcedor quinzista desde criança e há pouco mais de três anos contribuo como diretor e conselheiro. Chegar a vice-presidência era um dos meus objetivos e tenho certeza que vamos fazer um ótimo trabalho pelo XV”, disse.

O mandato da dupla estende-se até o dia 3 de novembro, quando novas eleições acontecerão no clube. Na oportunidade, o presidente eleito terá o direito de comandar o Alvinegro por dois anos.

Deixe um comentário