Espaço Pipa é campeão dos Jogos Estaduais das Olimpíadas Especiais no futsal e no tênis de mesa

José Maria de Souza com os atletas do tênis de mesa FOTO LUIZ BERALDOO Espaço Pipa, por meio do projeto “Juntos e Misturados”, foi campeão em duas modalidades dos Jogos Estaduais das Olimpíadas Especiais São Paulo, que aconteceram entre os dias de 2 e 4 de novembro, na cidade de Jundiaí (SP). A entidade piracicabana conquistou títulos com o futsal unificado (que une atletas com deficiência intelectual a pessoas sem deficiência), e com os praticantes do tênis de mesa Alexandre Marcelino da Silva, de 15 anos e Danilo Pereira Lara, 16. Eles foram vencedores, cada um em sua categoria, na modalidade para deficientes intelectuais.

“Foi uma experiência muito enriquecedora para os nossos atendidos, por possibilitar o contato com outros atletas e também com pessoas sem deficiência, gerando assim inclusão social. Além disso, os jogos tiveram um nível muito bom, o que nos orgulha”, afirma o professor de educação física do Espaço Pipa José Maria de Souza, que acompanhou os atletas na competição.

Com a conquista, os atletas se classificaram para disputar os Jogos Nacionais, que acontecerão em março de 2018 no Rio de Janeiro, em que serão disputadas vagas para os Jogos Mundiais, que ocorrerão em 2019, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

Sob coordenação de José Maria de Souza, o projeto foi idealizado pelo Pipa e é realizado por meio do Fumdeca (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), em parceria com o Clube Cristóvão Colombo e patrocínio da Caterpillar.

Alexandre e Danilo são alunos da escola Abigail de Azevedo Grillo, onde o Espaço Pipa realiza do projeto “Juntos e Misturados”. Já os atletas do futsal unificado realizam treinamentos semanais, em atividades que incluem participantes com deficiência intelectual. O objetivo é possibilitar a prática de atividades motoras aos adolescentes com deficiência intelectual, síndrome de down e autismo com. As crianças e adolescentes com deficiência têm a oportunidade de treinar com pessoas na mesma faixa-etária sem deficiência, o que incentiva a inserção na sociedade e o combate ao preconceito.

JOGOS – Os Jogos Estaduais das Olimpíadas Especiais São Paulo reuniu 180 atletas nas modalidades atletismo, bocha, futsal unificado, ginástica rítmica, natação, tênis e tênis de mesa.

Deixe um comentário