Sexagenário, “Nhô Quim” ganha livro

securedownloadNo ano do centenário do E.C. XV de Novembro de Piracicaba, a mascote representativa do time ganha uma obra literária para celebrar os 65 anos de criação do “Nhô Quim”. O livro “Nhô Quim – A História que Eu Conheço” (Editora Riopedresense, Secretaria Municipal de Ação Cultural), de autoria do jornalista Edson Rontani Júnior, relata a história da criação do personagem em 1948, quando o XV disputava a Primeira Lei do Acesso, a qual daria a chance de um time subir para a divisão principal do futebol paulista. O alvinegro piracicabano venceu a disputa e, no ano seguinte, passou a jogar com os grandes times como Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Santos.

O livro dá ênfase a criação do pai do autor, Edson Rontani, que aos 15 anos passou a expor desenhos de um caipira representando o XV nas vitrines do Chalet Paulista, loja de materiais esportivos e loterias, situada na rua São José, ao lado da praça José Bonifácio. Ao longo de 48 anos, Rontani desenhou a mascote nos principais jornais de Piracicaba, sendo eles: Jornal de Piracicaba, Diário de Piracicaba e Tribuna Piracicabana. Mesmo se passando 16 anos após a morte de Edson Rontani e ter criado neste espaço de tempo uma lacuna nas charges esportivas, o Nhô Quim ainda hoje é reverenciado pelo piracicabano e não apenas pelo torcedor do XV de Novembro. Em 2013, o personagem foi escolhido para compor o símbolo do Carnaval de Piracicaba pela Secretaria Municipal de Turismo e também foi estampado na divulgação da Banda da Sapucaia em desfile realizado pouco antes do carnaval.

O livro “Nhô Quim – A História que eu conheço” integra o 40°. Salão Internacional de Humor. Seu lançamento ocorrerá durante a premiação do 3°. Concurso de Microcontos de Humor, marcada para sábado, dia 24 de agosto, na Biblioteca Municipal de Piracicaba. O livro será entregue gratuitamente aos presentes. Ao longo da duração do Salão, ele será entregue nas exposições paralelas em distribuição dirigida.

Deixe um comentário