XV goleia o São Paulo e Rafael Gomes faz três gols no segundo tempo

Crédito: Antonio Trivelin / Gazeta de Piracicaba

Crédito: Antonio Trivelin / Gazeta de Piracicaba

Com um gol de Romarinho e três do atacante Rafael Gomes, o XV de Piracicaba goleou o São Paulo por 4 a 0 na tarde deste sábado, 10, e segue na liderança isolada do grupo 3 da Copa Paulista com 24 pontos. Atuando no estádio Barão da Serra Negra diante do torcedor quinzista, o time do técnico Cleber Gaúcho chega ao sétimo triunfo na competição e se mantém invicto dentro de casa.

O treinador quinzista ressaltou a campanha realizada até o momento, mas lembrou que o Alvinegro tem um compromisso importante na última rodada da primeira fase. “Estou bastante satisfeito com tudo. Aproveito a oportunidade para enaltecer toda a comissão técnica, que vem fazendo um excelente trabalho.

Falta ainda esse jogo contra o Red Bull, que é uma equipe muito qualificada e por isso vamos utilizar a semana para treinar bem e buscar um bom resultado em Campinas e a classificação em primeiro lugar”, disse. O confronto contra o Toro Loko acontece no domingo, 18, às 10h00, no estádio Moisés Lucarelli.

O JOGO

Com o forte calor em Piracicaba, XV e São Paulo trocavam passes e tinham dificuldades em encontrar os espaços em campo. A primeira boa chegada do Nhô Quim foi com Gilsinho, que recebeu passe dentro da área e chutou forte, mas Lucas Perri defendeu. Os visitantes responderam em seguida. Após cobrança de escanteio, a ofensiva tricolor subiu mais alto, porém cabeceou por cima da meta defendida por Mateus Pasinato.

Disposto a conquistar a vitória, que lhe garantiria na ponta do grupo 3, o Alvinegro foi ao ataque e, aos 33 minutos, Rodolfo recebeu lançamento no campo de ataque, protegeu bem a bola e tocou para Romarinho, que colocou com muita categoria no canto direito de Perri: XV 1 a 0. Seis minutos depois, novamente Rodolfo foi bem ao limpar a marcação e finalizar forte, mas a bola subiu demais e foi por cima do gol.

Antes do fim da primeira etapa, um susto para a torcida quinzista. Depois de cobrança de falta da intermediária, aos 46 minutos, a bola chegou até o zagueiro Rony, que subiu alto e cabeceou bem. Mateus Pasinato fez excelente defesa e impediu o empate.

Veio o segundo tempo e o goleiro quinzista continuou passando segurança para time. Com menos de cinco minutos, o São Paulo teve duas oportunidade, a primeira com Paulo e a outra com Felipe, mas o arqueiro fez boas defesas e garantiu a vantagem alvinegra no marcador. Confiante, o Nhô Quim saiu em busca de ampliar o placar.

Aos 9’, o XV recuperou a bola na tentativa de saída de jogo do adversário e Maranhão acertou a trave direira de Lucas Perri. Antes de fazer o segundo gol, o XV foi salvo novamente por Pasinato, que impediu gol por cobertura de Felipe aos 14 minutos. Aos 32’, porém, o time do técnico Cleber Gaúcho não perdoou.

Rafael Gomes, o nome do jogo, protegeu a bola dentro da grande área e fuzilou o goleiro tricolor para fazer 2 a 0 para o XV de Piracicaba. Cinco minutos depois, o atacante sofreu pênalti, cobrou com extrema categoria e fez 3 a 0 no Barão. O quarto veio aos 39’, em contra-ataque rápido que Gomes concretizou com um chute forte da entrada da grande área no canto direto de Perri. Placar final 4 a 0 para o Alvinegro Piracicabano e festa nas arquibancadas.

Ficha Técnica

Copa Paulista 2016 – 1ª Fase
13ª rodada

XV de Piracicaba 4 x 0 São Paulo

Data – 10/09/2016
Horário – 16h00
Local – Estádio Barão da Serra Negra, Piracicaba
Árbitro – Flávio Roberto Mineiro Ribeiro
Auxiliares – Samuel Augusto Vieira Paião e Robson Ferreira Oliveira
Quarto árbitro – Roberto Pinelli
Gols – Romarinho aos 33’ 1/T e Rafael Gomes aos 32’, 37’ e 39’ 2/T (XVP)
Cartões amarelos – Samuel (XVP); e Ruan Café (SPA)
Público – 1633 pagantes
Renda – R$13.980,00

XV de Piracicaba – Mateus Pasinato; Zé Mateus, Rodrigo, Doni e Samuel; Clayton, Maranhão, Gilsinho (Barreto) e Romarinho; Bruninho (Samoel Pizzi) e Rodolfo (Rafael Gomes). Técnico: Cleber Gaúcho

São Paulo – Lucas Perri; Wellington, Iago, Rony e Gabriel; Pedro, Vinicius, Paulo (Heron) e Ruan Café; Felipe (Jeferson) e Guilherme.  Técnico: Marcos Vizolli

 

 

Deixe um comentário