XV vence São Paulo e quebra tabu de 23 anos

SAO PAULO X XV DE PIRACICABA-O XV de Piracicaba fez história na noite deste sábado, 13, no estádio do Morumbi. A equipe piracicabana venceu o São Paulo, por 1 a 0. O resultado garante a permanência da equipe na série A1 e ainda abre possibilidades da busca pelo título do interior.

A noite também foi marcada pelas quebras de tabus, pois o XV conquistou uma vitória sobre times grandes, após 18 anos. A última havia sido em cima do Corinthians (2×1), em 1995, pelo Paulista. Outra superação foi ter vencido o São Paulo no Morumbi, fato que havia acontecido pela última vez em 1990, ou seja, há 23 anos.

Os três pontos fizeram o time subir para 11º lugar e o colocou na possibilidade de chegar em 10º ou 9º, tendo a chance de brigar pelo título do interior. A equipe volta a campo pela última rodada da primeira fase, no domingo, 21, contra o Botafogo no Barão da Serra Negra. A apresentação está marcada para terça-feira, 16, de tarde.

Primeiro tempo equilibrado

Com uma equipe aguerrida, o XV se posicionava bem e explorava a velocidade do lateral Janilson pela esquerda. O São Paulo tentava, com Jadson, criar jogadas de perigo, mas sempre bem combatidas pela zaga e pela boa atuação do goleiro Bruno Fuso. No único lance de perigo do Tricolor, Ademilson chutou por cima do gol. O XV mandou uma bola na trave chutada por Márcio Diogo e um chute cruzado de Danilo Sacramento que raspou a trave esquerda de Denis.

Segunda etapa movimentada:

Vaiado pela torcida, os donos da casa vieram para cima do XV. No primeiro minuto, Rodrigo Caio arriscou de fora da área e obrigou Bruno Fuso a fazer bela defesa. O zagueiro Edson Silva aproveitou a falha na saída de bola quinzista, invadiu a área e Bruno Fuso, de novo, mandou para escanteio.

Logo depois, aos 10 minutos, o gol do XV. Diguinho cobrou escanteio e Luiz Eduardo, de cabeça, mandou para o fundo das redes. Atrás no placar, o São Paulo atacou. Cortez cruzou e Ademilson de cabeça mandou por cima do gol.

O São Paulo atacava e o XV contra-atacava. Aos 32, Janilson cruzou, Paulinho dominou, fintou o zagueiro e chutou, mas Denis salvou o segundo gol. Mesmo ficando com pouca posse de bola, as jogadas de mais perigo eram alvinegras. No último lance de real perigo do jogo, Marcelo Soares recebeu dentro da área, dominou e chutou rasteiro para mais uma bonita defesa de Denis.

No fim do jogo, os atletas foram comemorar com a torcida piracicabana que compareceu em grande número no estádio do Morumbi. “Fui muito criticado por alguns torcedores. Minha resposta foi dentro de campo, ajudando o XV. O elenco está de parabéns pelo trabalho”, disse o autor do gol Luiz Eduardo.

Campeonato Paulista 2013 – 1ª Fase

18ª rodada

São Paulo 0 x 1 XV de Piracicaba

 

Data – 13/04/2013

Horário – 18h30

Local – Estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi), São Paulo-SP

Árbitro – Rodrigo Guarizo do Amaral

Auxiliares – Vicente Romano Neto e Alberto Poletto Masseira

Adicionais – Rodrigo Braghetto e Regildênia de Holanda Moura

Quarto árbitro – Marcos Alves da Silva

Gols – Luiz Eduardo 10’/2T (XV)

Cartões Amarelos – Luiz Eduardo e Danilo Sacramento (XV)

Público – 9.308 presentes

 

XV de Piracicaba – Bruno Fuso, Vinicius Bovi, Pedro Paulo, Luiz Eduardo e Janilson, Diego Silva (Adilson Goiano), Glauber, Danilo Sacramento, Diguinho (Adriano), Paulinho e Márcio Diogo (Paulinho). Técnico Edison Só

 

São Paulo – Denis, Rodrigo Caio (Henrique Miranda), Edson Silva, Rhodolfo e Cortez, Denilson (Lucas farias), Fabrício, Cañete e Jadson (João Schmidt), Wallyson e Ademilson. Técnico: Ney Franco.

1 comentário

  1. nilton em 14/04/2013 às 12:59

    XV zaço. Melhor jogo do NhoQuim no campeonato.

Deixe um comentário