XV vira pra cima do Paulista e mantém liderança do grupo 3

foto - Michel Lambstein

Com dois gols em um minuto, marcados no segundo tempo, o XV de Piracicaba venceu por 2 a 1, de virada, o Paulista na noite desta quarta-feira, 27, em um Barão da Serra Negra que contou com aproximadamente cinco mil torcedores. Com isso, o Alvinegro Piracicabano, chegou aos dez pontos e manteve a liderança do grupo 3 da Copa Paulista. A equipe de Cleber Gaúcho enfrenta agora, no próximo domingo, 31, a partir das 13h30, o São Paulo, no Morumbi, pela sexta rodada da competição.

 O jogo
 Empurrado por sua torcida, o XV de Piracicaba foi em busca dos três pontos que o manteriam na ponta da sua chave, mas quem chegou com perigo pela primeira vez foi o Paulista. Zé Mateus, porém, afastou o perigo. O Nhô Quim respondeu três minutos depois. Rodolfo recebeu pela esquerda, cortou os zagueiros e cruzou para Romarinho, que quase marcou de cabeça. Aos 27 minutos, foi a vez de Celsinho arrancar pela esquerda, invadir a área, fintar o zagueiro e cruzar para Samuel, o defensor do Paulista, no entanto, chegou antes e impediu o gol do Alvinegro.

Aos 30 minutos, outro lance de perigo para o XV. Zé Mateus cruzou na cabeça de Celsinho, que cabeceou com muito à esquerda de Iago. Dois minutos depois, entretanto, a equipe de Jundiaí foi quem marcou. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Michel, que acertou um forte chute no ângulo de Mateus Pasinato, que nada pôde fazer. Paulista 1 a 0. Os comandados de Cleber Gaúcho quase conseguiram o empate aos 35 minutos, quando Zé Mateus cruzou para Celsinho novamente e o atacante cabeceou bem, mas Iago fez a defesa.

Antes do término do primeiro tempo, bastante movimentado, mais duas chances, uma para cada lado. Aos 41 minutos, escanteio para o Paulista e Rafael Fefo cabeceou a bola no travessão de Pasinato. Já aos 43 minutos, Fraga recebeu pelo meio e chutou forte de pé esquerdo, exigindo boa defesa de Iago. Durante o segundo tempo, Cleber Gaúcho colocou Bruninho e Rafael Gomes nos lugares de Celsinho e Barreto, respectivamente, e com isso o XV se tornou mais perigoso. Aos 26 minutos, Samuel cobrou lateral para Rodolfo, que ajeitou para Rafael Gomes chutar e carimbar o travessão do goleiro adversário.

 Um minuto depois, foi a vez de Romarinho fazer Iago trabalhar em boa cobrança de falta da intermediária. Aos 33 minutos, a grande chance para o Nhô Quim igualar o marcador. Bruninho tentou o domínio dentro da área e foi derrubado, pênati assinalado que Romarinho não desperdiçou: 1 a 1. Com um Barão da Serra Negra inflamado com o gol de empate, o XV foi logo atrás da virada e, aos 34 minutos, Rodolfo roubou a bola no campo de ataque, invadiu a área e cruzou para Rafael Gomes marcar de carrinho: XV 2 a 1. Foi a vez então do time de Jundiaí se jogar no ataque, mas o Alvinegro soube segurar o resultado e assim levou os três pontos, o que fez com que o torcedor piracicabano fosse embora em festa.

 

Deixe um comentário