Festa das Nações: Apaspi apresenta delícias da culinária do nordeste brasileiro

thumb.aspxParticipante da Festa das Nações há 26 anos, a Associação de Pais e Amigos de Surdos de Piracicaba (Apaspi), responsável pela barraca Brasil Nordeste, oferece delícias da culinária nordestina na maior festa da solidariedade da cidade.

O jantar fechado será no dia 15 de maio, às 20 horas, com entrada de casquinha de siri, mandioca frita e calabresa acebolada. Entre os pratos principais, escondidinho de carne seca, baião de dois, bobó de camarão e arroz branco. Os convites já estão à venda na Apaspi (Rua Dr. Alvim, 1464 – São Judas) e na empresa Delta Org (Rua Benjamin Constant, 1981 – Centro). Informações pelos telefones (19) 3434-9947 / 3372-6200.

Nos demais dias, a barraca oferece bobó de camarão com arroz, moqueca de peixe ao molho com arroz, carne seca acebolada com farinha, baião de dois, escondidinho de carne seca, casquinha de siri, porção de fritas, bolinho de carne seca, porção de mandioca frita, cuscuz de camarão com peixe, cuscuz de frango, acarajé, doces baianos, tapioca doce e salgada, cerveja, refrigerante, água natural e sucos.

Nesta edição, a rainha da barraca Brasil Nordeste é Francine Iasmim Ramos Bispo e a embaixadora, Marcela Galdino e Matos.

A 30ª Festa das Nações de Piracicaba, realizada pela Prefeitura Municipal por meio do Fundo Social de Solidariedade, ocorre de 15 a 19 de maio, no Engenho Central, com a participação de 21 entidades representando diferentes nacionalidades.

Sobre a entidade – A Associação de Pais e Amigos de Surdos de Piracicaba (Apaspi) é uma organização da sociedade civil privada, sem fins lucrativos, fundada em 26 de maio de 1977. O atendimento especializado foi iniciado após a realização de cadastramento da população deficiente auditiva de Piracicaba.
Nessa época, foi constatado que 90% das pessoas não recebiam qualquer acompanhamento. Em 28 de março de 1984, iniciou-se o atendimento especializado, sendo que era o único recurso social da cidade e região que desenvolvia um trabalho especializado com deficientes auditivos.

Atualmente, é concedido atendimento interdisciplinar especializado a 47 crianças e adolescentes carentes na faixa etária de 0 a 18 anos, com deficiência auditiva moderada, severa ou profunda, sem outros comprometimentos. É oferecido serviço social (para preparar a família para aceitação e participação no processo de tratamento e reabilitação do deficiente auditivo), pedagógico (responsável pelo desenvolvimento global e construção do conhecimento sob função social ao longo prazo. O curso de Libras é oferecido para a comunidade e os pais administrado por um instrutor surdo e uma interprete habilitado) e de fonoaudiologia (desenvolve a linguagem, visando a comunicação do deficiente auditivo, a fim de promover o melhor desempenho no processo comunicativo. Também realiza  triagem em recém-nascidos, avaliações audiométricas, indicação e adaptação de aparelhos auditivos e pré-moldagens).

A Apaspi funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h30 às 16h30, na Rua Dr. Alvim, 1464 – São Judas. Telefone: (19) 3434-9947 / 3422-8324. Saiba mais em www.facebook.com.br/BarracaBrasilNordeste ou pelo e-mail [email protected]

Deixe um comentário