Cesta Básica aumenta

images (14)O preço médio da Cesta Básica de Piracicaba ICB – ESALQ/FEALQ, calculado pela EJEA, para a semana encerrada no dia 10 de janeiro de 2014, apresentou aumento de 1,33% em relação à semana anterior, passando de R$ 415,15 para R$ 420,69.

Todas as categorias apresentaram aumento. A categoria Alimentos aumentou 0,5%, passando de R$ 339,06 para R$ 340,74. A categoria Limpeza Doméstica subiu 0,78%, passando de R$ 42,37 para R$ 42,70. A categoria Higiene aumentou 10,45%, passando de R$ 33,73 para R$ 37,25. Os produtos com destaque nessa análise são a carne bovina de 2ª e a farinha de mandioca.

O preço da carne bovina de 2ª aumentou 12,95% na semana, passando de R$ 10,92/kg para R$ 12,33/kg. Segundo CEPEA-ESALQ/USP, os preços elevados da carne bovina estão atrelados a baixa oferta do animal no mercado interno, já que grande parte da produção brasileira está sendo exportada. Segundo a BeefPoint, em 2013 o Brasil bateu recorde no volume de carne bovina exportada e as expectativas são de que este volume aumente ainda mais. Assim, com a demanda interna pelo produto aquecida e sua oferta restrita, o preço tende a subir.

O preço da farinha de mandioca (500g) caiu 14,29% na semana, passando de R$ 3,23 para R$ 2,77. Segundo o CEPEA-ESALQ/USP, a queda no preço se deve ao aumento da oferta do produto, ocasionado pelo avanço da colheita nas últimas semanas de 2013. Apesar disso, a tendência de queda nos preços não deve se manter por muito tempo, já que parte do produto que deveria estar disponível ao longo do primeiro trimestre de 2014 já foi colhido e comercializado, devido à alta demanda pelo produto. Assim a oferta deverá ser reduzida nos próximos meses, não atendendo a demanda, fazendo com que os preços subam novamente.

Deixe um comentário