Cesta básica cai após duas semanas de aumentos consecutivos

Cesta-básica-ICMS

O preço médio da Cesta Básica de Piracicaba ICB – ESALQ/FEALQ, calculado pela EJEA, para a semana encerrada no dia 19 de setembro apresentou queda. A variação foi de 1,74% em relação à semana anterior, passando de R$ 445,51 para R$ 437,75.

As categorias que contribuíram para a queda da cesta básica foram a de Higiene Pessoal e Alimentos, que diminuíram, respectivamente, 6,14% e 1,6%, passando de R$ 42,97 para R$ 40,34 e de R$ 355,10 para R$ 349,42. Por sua vez, a categoria Limpeza Doméstica apresentou tendência oposta, subindo 1,2%, passando de R$ 47,43 para R$ 48,00. Os produtos com destaque nesta análise são a carne de segunda e o desodorante.

A carne de segunda sofreu queda de 6,61% em relação à semana anterior, passando de R$ 14,50 para R$ 13,55. Quando se observa a evolução do preço médio do quilograma da carne de segunda nas últimas três semanas, constata-se uma elevação contínua dos preços, isto porque, segundo a Ruralbr, houve uma redução da oferta do gado disponível para abate, o que afetou os frigoríficos. Com isso, valorizou-se o preço dos cortes a fim de recuperar a margem de comercialização. A mudança desse cenário, isto é, a queda do preço médio da carne de segunda, se deu pela melhora das programações de abate o que gerou aumento dos estoques. Esse aumento da oferta levou a queda dos preços da carne.

A categoria Higiene Pessoal, foi à maior responsável pela queda do preço da cesta básica na semana. Dentre os produtos que cabem a esta categoria, o desodorante foi o que teve a maior queda em seu valor diminuindo em 21,09%, isto representa, em termos monetários, uma queda de R$1,18. Assim, o produto alcançou o preço mais baixo das últimas semanas.

Para consultar nossa metodologia e/ou análises anteriores, acesse nosso site:

www.ejea.com.br

Deixe um comentário