Com 7.640.584 acessos, “A Província” está de cara nova

Desde quando inaugurada como jornal impresso – em 1987 – A Província pretendeu ser um cofre intelectual para preservar e ativar a memória, a cultura e a história de Piracicaba, comungando com os ideais maiores da nossa gente piracicabana. O nosso compromisso foi firmado com o lema que continua nos movendo: “Paixão por Piracicaba”.

São novos os tempos, novas as tecnologias, o que significa um movimento de transição que, ao mesmo tempo, pode ser alentador e perigoso. Pois são estruturas consolidadas que, por serem sérias e históricas, não podem ser destruídas, mas, sim, aperfeiçoadas. E outras que, superadas, precisam ser renovadas ou esquecidas. Temos, de nossa parte, a consciência do dever cumprido, apesar de dificuldades, de lutas e de embaraços que grupos oportunistas tentam coloca-nos no caminho.

Hoje, lançamos uma nova fase, com uma nova cara. Os quase 8 milhões de visitações que recebemos até o dia 31 de julho, ao longo destes cinco anos de jornalismo eletrônico, consolidam e fortalecem o sonho, tornando-o real. E mais real, ainda, pela chegada de novos companheiros que passam a fazer parte dessa aventura prazerosa. As mudanças no design seguiram um princípio rígido que John Moreto – o autor delas – captou com grande perspicácia: escolher o novo verdadeiro, sem cair em modismos e mantendo o respeito à história, ao passado, à nossa cultura.

Com John Moreto, chegam, também, Elaine de Lemos Elias, Emmilyne Nicoletti, Fábio Bragança, Gabriel Zanin, participando de nosso corpo editorial, estudos de história e conservação e ampliação de acervo, administração, finanças e departamento comercial. Já no FaceBook e no Twitter, A Província está preparada para o início de outra jornada, com a inavaliável presença de empresas e instituições que nos emprestam seu apoio cultural. Outra jornada, pois. Por, para e com Piracicaba e os piracicabanos.

Uma palavra de gratidão à jornalista Taís Romanelli que, neste último ano, foi o nosso grande baluarte, com sua competência e responsabilidade. Tendo como auxiliares a colaboradora Cynthia da Rocha e a estagiária Jéssica Lopes, Taís Romanelli comandou A Província diante da ausência forçada da direção. É uma nova geração que desmente os pessimistas que, na verdade, se queixam da juventude sem conhecê-la em sua devida dimensão.

E, finalmente, um agradecimento especialíssimo à D-Nex, na pessoa de seu diretor Daniel Brilho e na de seus companheiros. Sem o impulso, o atendimento, a correção, a competência de Daniel Brilho e sua empresa de desenvolvimento tecnológico, não teríamos chegado a esse momento para nós mágico. Ao Daniel Brilho e ao Rafael Matsuoka Riga, nossa gratidão, sabendo que continuam pertencendo ao coração de A Província. E, aos piracicabanos, no mês do aniversário de nossa cidade, um brinde: “Nói vai em frente nem que a vaca tussa!”.

1 comentário

  1. Adriana Passari em 06/08/2012 às 08:10

    Parabéns ao Sr. Cecílio e equipe pela nova fase de “A Província”. Sempre consulto o site e adorei o novo visual! Abraço e bom trabalho atodos!

Deixe um comentário