Com prêmio maior, Salão Internacional de Humor já tem júri definido

Um time de primeira, formado por artistas gráficos do Brasil e do exterior, já foi escolhido e terá a responsabilidade de selecionar e premiar os trabalhos da edição de número 42 do Salão Internacional de Humor de Piracicaba, um dos maiores do gênero no mundo. A mostra, realizada pela Prefeitura de Piracicaba, Semac (Secretaria da Ação Cultural) e Centro Nacional de Humor Gráfico de Piracicaba (CEDHU), será aberta no dia 22 de agosto, no Armazém 14, no Engenho Central, e premiará os vencedores com um total de R$ 55 mil, R$ 3.500 a mais que no ano passado. Ontem, em coletiva de imprensa na sede da Semac, a secretária Rosângela Camolese, o presidente desta edição, Jairinho Mattos, e membros da comissão organizadora falaram sobre as novidades.

O júri de seleção será composto por Alcy, Marcelo Madureira, humorista do Casseta & Planeta, Paulo Tadeu, da Editora Matrix, Natália Forcat, cartunista e ilustradora, pela jornalista especializada em cultura Marcela Benvegnu, pelo cartunista e ilustrador Daniel Kondo e pelo editor da Companhia das Letras, André Conti.

Já os cartunistas brasileiros Luiz Gê, Laerte Coutinho e Angeli e as cartunistas Nani Mosquera e Cristina Sampaio, da Colômbia e Portugal, respectivamente, além do professor da Universidade Mackenzie, Alexandre Huady e o secretário de Estado da Cultura, Marcelo Mattos Araújo, formam o júri de premiação.

Este ano, o Salão, que teve investimento de aproximadamente R$ 400 mil, irá conferir prêmio total de R$ 55 mil. Serão premiados os vencedores das categorias charge, cartum, caricatura, histórias em quadrinhos e do prêmio temático, que este ano será corrupção, com R$ 5.000 cada. O Grande Prêmio – Troféu Zélio de Ouro, escolhido entre os melhores de cada categoria citada, receberá mais R$ 10 mil.

Outros prêmios são Júri Popular Alceu Marrozi Righetto, que pagará R$ 5.000, os prêmios Câmara Municipal de Piracicaba, exclusivo para a categoria caricatura, e Saúde Unimed, que este ano foram reajustados de R$ 3.131,11 para R$ 5.000 cada, além do prêmio Águas do Mirante, também no valor de R$ 5.000. Também serão distribuídas duas menções honrosas em cada categoria.

As inscrições para o Salão podem ser feitas até o dia 17 de julho, diretamente no site, ou via Correios. “Ficamos orgulhosos com a chegada do Salão à 42ª edição. Ele continua cumprindo o seu papel, que é o de fazer rir e de também provocar a reflexão e a crítica da sociedade”, afirma a secretária da Ação Cultural, Rosângela Camolese.

Em 2014, 576 artistas de 55 países enviaram 2.562 trabalhos para a mostra. Destes, 368 foram selecionados.

CARTAZES – O cartaz desta edição do Salão presta homenagem às vítimas do atentado ao jornal satírico francês Charlie Hebdo e foi criado pelo cartunista belga O-Sekoer, pseudônimo de LucDescheemaeker. O atentado causou a morte de 12 pessoas, entre elas estavam quatro renomados cartunistas: Stéphane Charbonnier, conhecido como Charb e também editor do jornal, o lendário Wolinsk, Jean Cabu e Bernard Verlhac, conhecido como Tignous.

O cartaz tem a ilustração do Parque do Engenho Central com um lápis no lugar de uma de suas chaminés. “O desenho traz uma sombra escura, com milhares de pessoas olhando para o prédio do Engenho. É como se ele fosse um símbolo da paz e da liberdade de expressão para a humanidade”, descreve O-Sekoer.

O artista foi convidado para assinar o cartaz desta edição no ano passado, quando realizou mostra paralela de sua carreira na 41ª edição do evento. “Eu comecei a enviar desenhos para o Salão em 1991, fui membro do júri por duas vezes e premiado quatro. Fiquei muito orgulhoso com o convite para fazer o cartaz com esse tema, em memória das vítimas do Charlie Hebdo”, disse.

A idéia de uma homenagem ao jornal e aos seus cartunistas, mais do que justa, é necessária para confirmarmos o engajamento político do nosso Salão com a liberdade de expressão e contra a intolerância”, avisa Adolpho Queiroz, presidente do Conselho Consultivo do Salão.

Já o cartaz do Salãozinho de Humor, que chega à sua 13ª edição, foi produzido pelo cartunista carioca radicado em Piracicaba, Daniel Ponciano. “Para criar o cartaz pensei em algo que fizesse parte do universo da criança, juntamente com a figura do palhaço, que representa tão bem o humor. Daí surgiu a ideia de desenhar um palhaço perna de pau e o outro ´mão de pau´, fazendo um tipo de pintura com as mãos”, descreve Ponciano. “O convite para o trabalho foi uma surpresa e o recebi com muita felicidade, dada a história e importância do Salãozinho de Humor de Piracicaba. Foi como ter minhas mãos na calçada da fama do humor gráfico”, avalia.

As inscrições para o Salãozinho, direcionado a estudantes entre 7 a 14 anos, também estão abertas. A proposta é valorizar e estimular a prática do desenho de humor pelo estudante e aproximar e formar novos públicos. Em 2014, o concurso teve cerca de 2.500 trabalhos inscritos, que passaram por uma comissão julgadora, que selecionou 207 para a exposição.

 

CATÁLOGO PRONTO – Outra novidade é o catálogo colorido, com trabalhos selecionados e premiados do 41º Salão, além dos desenhos premiados do Salãozinho de Humor e todas as ações, como mostras paralelas, oficinas, teatro, lançamentos de livros. O livro, editado anualmente, é muito valorizado pelos cartunistas, segundo Eduardo Grosso, produtor gráfico do CEDHU. “Apesar de toda tecnologia e possibilidades digitais, ter e reconhecer o trabalho impresso no papel junto a outros artistas, muitos de trajetórias internacionais, registra de maneira especial a participação do cartunista selecionado neste evento, que é considerado um dos maiores do humor gráfico do mundo”, reforça. “Produzir o catálogo e distribuí-lo a todos os cartunistas selecionados e pessoas e entidades diretamente relacionadas ao Salão dá continuidade a uma relação de confiança e credibilidade entre quem organiza e quem participa”, conclui Grosso.

 

MOSTRAS PARALELAS DO 42º SALÃO INTERNACIONAL DE HUMOR

 

LUIZ GÊ, Brasil – Mostra da produção gráfica de Luiz Gê, considerado um dos maiores expoentes dos quadrinhos brasileiros nos anos 1980, abrangendo ilustração, quadrinhos, charges e cartuns.

NANI MOSQUERA, cartunista espanhola radicada na Espanha – mostra de tiras e cartuns com a personagem Magola, que este ano completa 20 anos de vida. Os desenhos de Nani comentam de forma contundente e bem humorada os desafios cotidianos do mundo feminino.

KAZANEVSKY, Ucrânia – seleção de cartuns de um dos mais maiores cartunistas ucranianos conhecidos pela excelência do traço. Algumas obras refletem o momento dos embates e dúvidas das guerras e dos enfrentamentos ideológicos entre os governos da região.

LORENA KAZ, cartunista brasileira – HQs e ilustrações sobre as dificuldades e desafios de casamentos e relacionamentos afins.

FORTUNA, Brasil – Mostra parceira com o jornal Folha de S.Paulo, abrangendo charges de Reginaldo Fortuna, um dos maiores artistas gráficos brasileiros. Entre tantos projetos importantes, Fortuna foi fundador do jornal carioca O Pasquim junto com Jaguar, Ziraldo, Millôr entre outros.

UM DESENHO PARA CHARLIE – Desenhos sobre os significados, reflexos e desdobramentos relativos ao atentado no semanário francês Charlie. Cartunistas brasileiros e estrangeiros serão convidados a enviar um trabalho sobre o tema.

MOSTRA PORTOCARTOON – Salão Internacional de Humor de Piracicaba e o PortoCartoon (da cidade do Porto, Portugal) estabelecem desde 2005 um convênio no sentido de trocas de acervos. Neste ano Piracicaba receberá duas coleções: reproduções das capas do semanário francês Charlie e um conjundo de desenhos do cartunista francês Georges Wolinski. Para o Porto serão enviados desenhos com o tema “intolerância”, selecionados na 41o edição do Salão de Piracicaba.

13º SALÃOZINHO DE HUMOR – Os desenhos selecionados deste ano estarão apresentados em novo espaço recuperado, o Armazém 10, próximo da Passarela Pênsil.

MICROCONTOS DE HUMOR – Uma seleção dos trabalhos selecionados serão novamente reproduzidos e expostos com as respectivas versões em Braile.

RISADARIA NO SALÃO INTERNACIONAL DE HUMOR DE PIRACICABA – Conjunto de desenhos do acervo do Salão Internacional de Humor de Piracicaba acompanhados de comentários e textos engraçados de humoristas como Rafinha Bastos, Marcelo Tas, Danilo Gentili, Marcelo Madureira entre outros de grande sucesso na TV e no Teatro.

MOSTRA DOS DESENHOS PREMIADOS e seleção de desenhos inscritos do 42o Salão Internacional de Humor de Piracicaba no Centro Cultural do Mackenzie/São Paulo, por conta da recente parceria firmada entre as duas entidades.

OS LONTRAS – Desenhos sobre lontras de conhecidos cartunistas brasileiros em apoio ao projeto de preservação de uma região da Mata Atlântica desenvolvido por Fernando Pimentel.

ACERVO DO SALÃO EM ROMA – Mostra na Embaixada do Brasil em Roma, na Itália, reunirá 42 trabalhos do acervo, de 15 de dezembro de 2015 a 15 de janeiro de 2016

 

Deixe um comentário