Depredações e saqueamentos marcam manifestações em Piracicaba

A manifestação contra as tarifas de ônibus… Na verdade, não foi só sobre as tarifas urbanas! Corrupção, falta de escolas, descaso com a saúde pública, altos investimentos na Copa, PEC’s (Propostas de Emenda à Constituição) e muitos outros assuntos também foram lembrados durante o ato…

Centenas de pessoas (estima-se que aproximadamente 12 mil) foram às ruas, com cartazes, bandeiras do Brasil, apitos, etc. Todos entoando palavras de ordem a respeito do descaso com a população em todos os segmentos: saúde, educação.

O protesto teve inicio em frente ao Terminal Central, por volta das 17h, e seguiu até a nova ponte do mirante; depois rumou para a Câmara de Vereadores, que estava vazia em pleno dia de sessão.  Até então a manifestação estava pacífica e contou com a presença de idosos, crianças e jovens.

Os manifestantes seguiram até a Câmara de Vereadores para entregar um abaixo assinado com mais de 20 mil assinaturas, que pede a revogação no valor da passagem, que passou de R$ 2,60 para R$ 3 a tarifa comum; e de R$ 3 para R$ 3,40 a passagem comprada a bordo. Porém segundo informações, o local foi esvaziado e fechado às 14h. Em frente ao prédio estavam somente policiais armados.

Os manifestantes, então, voltaram ao Terminal Central, e alguns cidadãos mudaram os rumos da manifestação: ovos e pedras foram arremessados contra os policiais. Eles revidaram com balas de borracha e bombas de efeito moral,  ação que refletiu em mais vandalismo. Comércios na área central da cidade foram saqueados e parcialmente destruídos, e aproximadamente três ônibus foram depredados e tiveram janelas quebradas e um veículo foi pichado.

Ainda não se sabe o prejuízo dos lojistas e da prefeitura, o que se sabe é que amanhã novamente o povo estará nas ruas!

Deixe um comentário