Ovo de tamanho 15 pode variar em até 63,26% entre os mercados

A páscoa se aproxima e o consumidor piracicabano pode encontrar entre os diferentes mercados uma grande variedade de preços para os principais produtos típicos da época. A EJEA, que divulga semanalmente o Índice de Cesta Básica ICB – ESALQ/FEALQ, pesquisou os preços desses produtos, de diferentes marcas e tamanhos, nos principais supermercados da cidade. Foram estudados o comportamento dos ovos de chocolate, colombas e peixes.

A colomba pascal (500g) apresentou preço médio de R$ 13,40, representando um aumento de 15,52% em relação ao ano passado. O preço médio da marca líder de mercado foi de R$ 14,99, enquanto o da marca mais barata foi de R$ 8,95, representando uma diferença de 40,30% entre as marcas. No produto de menor preço, a diferença de preços entre os mercados foi de 55,94%, sendo encontrado por R$ 6,99 no supermercado mais barato e por R$ 10,90 no mais caro.

O preço médio da colomba de chocolate de 500g também subiu neste ano, passando de R$ 12,28 para R$ 14,40, representando um aumento de 14,72%. A colomba de chocolate da marca líder de mercado apresentou aumento de 11,32%, sendo encontrada por R$ 16,98 no supermercado mais caro e por R$ 13,99 no mais barato, representando uma variação de 21,37% entre eles. A diferença de preços entre a marca mais cara e a mais barata chegou a 41,89%. O produto da marca mais barata custa, em média, R$ 8,98.

Nessa época do ano, os consumidores encontram os ovos de páscoa nas prateleiras, mas nem sempre compreendem o fato de estar pagando mais caro por menos chocolate, em comparação com a barra de chocolate, por exemplo. A produção de ovos de páscoa é diferenciada. O processo de fabricação e os produtos usados na confecção dos ovos são os principais fatores para o alto preço do produto e este ano vem sendo somado à alta do dólar que teve impacto no cacau e petróleo. Este último é a principal matéria prima das embalagens.

A cotação média do ovo de chocolate ao leite do tamanho 15 foi de R$ 23,75 neste ano. Este valor é 6,78% mais caro do que no ano passado (R$ 22,24). A variação entre a média do supermercado mais barato e a do mais caro foi de 63,26%. Esta diferença é significativamente maior em relação ao ano passado (23,07%). No caso dos ovos do mesmo tamanho, voltado para o público infantil, o preço médio foi 26,66% maior do que o observado em 2013. E, o preço médio do ovo de tamanho 20 aumentou 6,65% em relação ao ano passado, passando de R$ 33,66 para R$ 35,90.

O ovo de tamanho 21 apresentou variação de 5% em relação ao ano passado, passando de R$ 46,50 para R$ 48,90. No caso da marca líder, a diferença de preço entre os supermercados é de 10,60% (R$ 44,98 no estabelecimento mais barato e R$ 49,75 no mais caro). No caso do ovo de tamanho 23 da marca líder, o aumento foi de 5,58 % em relação ao ano anterior, passando de R$ 63,44 para R$ 66,98. No produto do mesmo tamanho da marca mais barata o aumento foi de 3,5%, passando de R$ 59,30 para R$ 61,42. A diferença de preços entre o supermercado mais barato e o mais caro foi de 15,86% na marca líder e 13,51% na marca mais barata.

Deixe um comentário