Parceria entre cursinho municipal e Fumep beneficia alunos com bolsas de estudo

aCarolina Oliveira credito de Fernanda Schmidt - SMEHá 10 anos, a Fumep destina uma bolsa de estudos ao aluno do cursinho que teve o melhor desempenho no processo seletivo; inscrições para a turma de 2017 acontecem nos dias 1º, 2 e 3 de fevereiro

Graças à parceria firmada entre o cursinho pré-vestibular da Prefeitura, que abrirá inscrições nos dias 1º, 2 e 3 de fevereiro para 150 alunos (leia abaixo), e a Fundação Municipal de Ensino de Piracicaba (Fumep), nos próximos cinco anos Carolina Oliveira irá cursar engenharia civil na Escola de Engenharia de Piracicaba, de forma totalmente gratuita. Há 10 anos, a Fumep destina uma bolsa de estudo integral ao aluno do cursinho que teve o melhor desempenho no processo seletivo aplicado pela própria instituição. O benefício é válido durante todo o curso da EEP.

Carolina fez o cursinho municipal durante dois anos. Em 2015, quando ainda estava no terceiro ano do ensino médio e, em 2016, após a conclusão do ciclo. Ano passado, ela prestou várias faculdades e diferentes cursos, mas optou por ficar em Piracicaba e estudar em uma das faculdades mais conceituadas em engenharia. “A EEP é uma faculdade conceituada. Além disso, fica na nossa cidade, assim não preciso ter gastos adicionais. Se não fosse a bolsa, eu não conseguiria pagar a mensalidade”, conta.

Na opinião de Carolina, o cursinho municipal foi muito importante nesse processo e deu toda a base necessária para enfrentar os grandes vestibulares do país. “Eu recomendo a todos que sonham em cursar uma faculdade e não têm condições financeiras para fazer um cursinho pré-vestibular particular. Acho ótima a iniciativa da Prefeitura em proporcionar o cursinho preparatório gratuito”, diz. No dia 10 de fevereiro, a EEP realiza a recepção aos alunos e a aulas terão início em 13.

PRIMEIRA BOLSA – A parceria entre a Prefeitura e a Fumep já beneficiou 12 alunos do cursinho municipal, que optaram pelos cursos de administração, engenharia civil, ambiental e mecânica e ciência da computação. A administradora Franciele Louise Geronimo, por exemplo, formada em 2010, foi a primeira aluna do cursinho a conquistar a bolsa da EEP.

Ela fez o pré-vestibular municipal em 2006 e garantiu o primeiro lugar, entre os alunos do cursinho, no vestibular da instituição. “Me formei em 2010 e passei em todas as matérias e devo muito disso ao cursinho. Gostei muito dos professores e o material utilizado era muito bom também. O cursinho municipal ajudou no meu desempenho e aprendizado”, relatou.

 

INSCRIÇÕES ONLINE – Nos dias 1, 2 e 3 de fevereiro os interessados em concorrer uma vaga no cursinho municipal podem se inscrever pelo site da Secretaria Municipal de Educação, por meio do www.educacao.piracicaba.sp.gov.br, no link pré-vestibular (menu). O candidato deve ser aluno da rede pública. Serão disponibilizadas 150 vagas totalmente gratuitas.

A prova está agendada para o dia 8, às 19h, na Escola Estadual Professor Elias de Mello Ayres, local onde as aulas são realizadas. A escola fica na rua Fernando Febeliano da Costa, 429, São Dimas (atrás da Diretoria de Ensino).

O gabarito da prova estará disponível no dia 9 no site da SME. A lista dos aprovados será divulgada em 13, também no site. Nos dias 14 e 15 os aprovados deverão levar os documentos necessários na sede da SME. Em caso de desistência, nova lista será publicada em 16 para a segunda chamada.

DOCUMENTOS

Os 150 alunos aprovados deverão levar os seguintes documentos na Secretaria Municipal de Educação

– Documentos: xerox do RG, CPF ou carteira de habilitação; comprovante de residência atualizado; histórico escolar do ensino médio da rede pública ou declaração da escola caso o candidato esteja cursando o 3º ano do Ensino Médio em 2017 ou ter concluído em 2016- e duas fotos 3×4. Os documentos originais também deverão ser entregues no ato na matrícula.

– Data de entrega: 14 e 15 de fevereiro, das 19h às 22h, na sede da Secretaria Municipal de Educação, situada na rua Cristiano Cleopath, 1.902, bairro dos Alemães.

– Comprovante de residência permitido: conta de luz, água ou telefone atualizados e que estejam no nome dos pais ou do candidato.

Caso o candidato tenha cursado o Ensino Médio em escola particular deverá apresentar, junto com o histórico escolar, uma declaração da escola comprovando que o aluno obteve 100% de bolsa. A declaração deve ser assinada, carimbada e timbrada.

O aluno que perder o prazo de matrícula, será desclassificado. Alunos da fila de espera serão chamados.

– O aluno que faltar na primeira semana de aula, perderá automaticamente a vaga.

Deixe um comentário