Pesquisa: varejões Municipais oferecem economia de 40%

As compras feitas nos Varejões Municipais para 37 produtos mais comercializados no comércio varejista podem garantir aos consumidores economia de – 40,0% no total dos itens adquiridos. É o que constatou a análise de preços realizada pela Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SEMA), por meio do Departamento de Abastecimento (DEPAB), no mercado de hortifrutigranjeiros (atacado e varejo).

Os preços e a qualidade dos produtos são controlados pelo DEPAB e a comercialização feita por pequenos produtores do município e pelos permissionários, que buscam os seus produtos direto na roça ou nos entrepostos dos CEASAS de Campinas e de Piracicaba, permite que os varejões praticarem preços menores.

A variação percentual foi obtida comparando-se os preços praticados pelos Varejões Municipais com a média dos preços praticados pelos estabelecimentos da iniciativa privada, no período período de 02 a 09 de setembro. A cesta com 37 produtos no Varejão teve um custo de R$ 136,3 , enquanto o preço médio praticado por estabelecimentos da iniciativa privada alcançou R$ 190,91.

Se compararmos os preços praticados nos Varejões Municipais entre os dias 02 e 09 de setembro de 2015, constatou-se uma aumento de + 0,2% na semana; e no período de um mês (12 de agosto e 09 de setembro) o mesmo grupo de produtos apresentou queda nos preços, variação percentual -2,5%.

As principais alterações da semana foram:

Grupo das Frutas Nacionais e Importadas
Maiores altas: maracujá + 15,0%; limão taitti + 9,0%; abacaxi pérola + 4,5% e maçã nacional + 4,1% . Queda na oferta no mercado atacadista em especial maracujá e término da safra do Estado de São Paulo.

 

Maiores baixas: banana nanica – 9,1%; uva rosada – 8,6% e maçã importada – 4,6% .Oferta satisfatória no comércio atacadista.

 

Grupo Legumes
Maiores altas: vagem +16,7% e chuchu + 6,7% . Queda na oferta no mercado atacadista.
Maiores baixas: berinjela -8,3%; beterraba4,6%; cenoura – 4,2% e quiabo – 3,2%. Oferta satisfatória no comércio atacadista.

 

Grupo Verduras – Grupo Estável Boa oferta de produto.
Maiores altas: ******************.
Maiores baixas: alface -14,7%.
Grupo Bulbos e Tubérculos
Maiores altas: batata inglesa + 33,2% . Chuva na região produtora
Maiores baixas: cebola -17,3%. Aumento na oferta no mercado atacadista entrada da produção do Estado de S. Paulo, Goiás e Minas.

 

Deixe um comentário