Polícia Federal em Piracicaba em greve

Foto: JEM

Pelo menos 70% dos agentes e escrivães da Polícia Federal em Piracicaba aderiram à paralisação nacional da categoria, que teve início em todo o país na manhã de terça (7/08). Apenas 30% dos agentes federais estão trabalhando para manter serviços especiais, flagrantes, emissão de passaportes e outros tipos de atendimento à população.

A greve segue por tempo indeterminado.

O movimento grevista atinge 25 Estados e o Distrito Federal, com exceção do Rio de Janeiro, que não aderiu à paralisação.

Os policiais exigem o piso de R$ 12 mil, valor pago para quem possui o terceiro grau completo. Querem melhores condições de trabalho e mais concursos públicos.

Deixe um comentário