Preço da Cesta Básica volta a subir

O preço médio da Cesta Básica de Piracicaba ICB – ESALQ/FEALQ, calculado pela EJEA, para a semana encerrada no dia 18 de abril de 2014, volta a subir após uma semana de preço estável. O aumento foi de 1,10% em relação à semana anterior, passando de R$447,63 para R$ 452,57.

Todas as categorias apresentaram aumento. Na de Alimentos, o crescimento foi de 0,50%, passando de R$ 365,56 para R$ 367,40. A categoria Limpeza Doméstica subiu 5,73%, passando de R$ 42,72 para R$ 45,17. Já a categoria Higiene aumentou 1,64%, passando de R$ 39,35 para R$ 39,99. Os produtos em destaque nessa análise são o macarrão e o frango.

O preço do macarrão (embalagem de 500g) aumentou 6,82% na semana, passando de R$2,19 para R$2,34. Esta alteração está relacionada com o aumento do preço do trigo, principal insumo do macarrão. Segundo o CEPEA-ESALQ/USP, houve redução de oferta, ocasionada pelos baixos estoques internos, pela dificuldade de importação da Argentina e também pelos altos valores do cereal norte-americano. Além disso, segundo a Abitrigo, o consumo de massas está crescendo no Brasil, devido ao aumento do poder aquisitivo dos consumidores. Com a demanda firme, a redução da oferta causou subida nos preços.

Já o preço do quilo de frango caiu 7,66%, passando de R$ 5,46 para R$ 5,04. De acordo com o CEPEA-ESALQ/USP esta redução está ocorrendo principalmente porque a demanda se encontra desaquecida. Quanto às exportações, segundo a mesma fonte, os produtores estão atentos aos possíveis casos de influenza aviária na Ásia, o que provocaria, no médio prazo, o aumento nas exportações da carne. A demanda enfraquecida e oferta constante no período, contribuíram para queda no preço da carne de frango.

 

Deixe um comentário