Prêmio Júri Popular do Salão de Humor de Piracicaba está com votações abertas

Trabalho do belga Ludo Goderis concorre ao Premio Juri            PopularEstão abertas as votações para o Júri Popular Alceu Marozi Righetto, que compõe a premiação do 42º Salão Internacional de Humor de Piracicaba. Para participar, basta entrar no site oficial (www.salaodehumor.piracicaba.sp.gov.br) e escolher, até o dia 11 de setembro a melhor obra entre as 14 concorrentes. Como prêmio, o
vencedor recebe R$ 5.000,00.

Há charges, cartuns, caricaturas, tiras, além de trabalhos da categoria temática Corrupção. Essas obras receberam menção honrosa do júri de premiação na edição 2013 do Salão. O vencedor será divulgado no dia 14 de setembro pelo próprio site do Salão.
Entre os artistas gráficos concorrentes, cinco são brasileiros: Anderson de Oliveira Delfino, Paulo Sérgio Jindelt, Rafael Corrêa, Daniel Dias Lafayette e Ségio Gonçalves Brito. Do exterior concorrem Konstantin Kazanchev (Ucrânia), Pablo Lopez (Uruguai), Ludo Goderis (Bélgica), Ali Miraee (Irã), Marco de Angelis (Itália), Nasrin Abdosheykhi (Irã), Atefeh Yaryan (Irã), Andrey Popov
(Rússia) e Walter Toscano (Peru).

ALCEU RIGHETTO – O Prêmio Júri Popular Alceu Marozi Righetto foi criado em 2012 para homenagear um dos idealizadores do Salão de Humor. Righetto integrava o grupo de jornalistas e intelectuais piracicabanos que, com o apoio de cartunistas do jornal “O Pasquim”, decidiu se manifestar contra o regime militar.

Em 1978, Righetto tornou-se o primeiro secretário da Ação Cultural em Piracicaba, trabalhando em prol do crescimento do evento. Jornalista, radialista e educador com mais de 30 anos de atuação na rede estadual de ensino, ele morreu em 17 de junho de 2008, aos 70 anos.

A secretária da Ação Cultural (Semac), Rosângela Camolese, explica que o fato do prêmio estar previsto em lei assegura a continuidade da iniciativa nas edições futuras do Salão. “A nossa intenção em criar o Prêmio Júri Popular foi plenamente democrática. Quisemos dar voz ao público que nos prestigia, permitindo que ele se sinta ainda mais acolhido pelo Salão”, diz Rosângela.

Para o cartunista Eduardo Grosso, produtor gráfico do Cedhu Piracicaba (Centro Nacional de Humor Gráfico), ficou evidente a aceitação do júri popular, realizado exclusivamente na plataforma virtual e criado por lei municipal. “A votação popular caiu no gosto do público, que sempre foi muito participativo em todas as edições do Salão. Esperamos que nesse ano não seja diferente”, afirmou.

SERVIÇO

As votações para o Prêmio Júri Popular Alceu Marozi Righetto, do 42º Salão Internacional de Humor de Piracicaba, estão abertas até o dia 11 de setembro por meio do site oficial do evento: www.salaodehumor.piracicaba.sp.gov.br

Deixe um comentário