Resultados do ECPA de Arrancada embolam pontuação do campeonato

As provas do Campeonato ECPA de Arrancada, realizadas neste fim de semana (19 e 20), no Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo, receberam 120 carros que desfilaram em altas velocidades pela reta de 201 metros no autódromo. Ao final da competição, que reuniu os competidores em 20 categorias, sete delas tiveram seus recordes quebrados.

Na pista, o que se viu foi um verdadeiro show de perícia e técnica, que garantiu as fortes emoções que marcaram as disputas da terceira etapa do certame. Para contribuir ainda mais com o bom andamento do campeonato, os resultados embolaram a disputa pelo título da temporada.

Apesar das provas se desenrolarem por dois dias, o grande destaque aconteceu no sábado, quando Washington Silva, de Limeira, no interior de São Paulo, fez história na pista da vizinha cidade de Piracicaba.

A bordo de um Vectra bi-turbo, o piloto acelerou sua máquina de 1.100 cavalos e, em uma façanha quase que inacreditável, atingiu 223,8 Km/h, em 201 metros, para delírio do público que acompanhava na arquibancada. “A minha expectativa era boa, pois o carro estava perfeito. Acertei o pé e pude superar minha marca”, afirmou Washington que agora detém o recorde de 5.303 segundos na reta piracicabana.

Outra marca incrível que foi batida neste fim de semana aconteceu na categoria Traseira Turbo (TT), com Luis Eduardo Figueiredo. O piloto, que também é conhecido como Aranha, baixou seu próprio recorde, que era de 5.917s e imprimiu o tempo de 5.568s. “Participo de provas de arrancada em todo o país e posso garantir que esse tempo é recorde brasileiro entre os competidores dessa categoria”, afirmou o piloto que também é da cidade Limeira.

Na Traseira Street Turbo (TST), Paulo das Neves, entrou no seleto grupo de recordistas pela primeira vez ao marcar7.269 de pista e estabelecer o novo recorde dessa categoria na última puxada do dia. “O projeto final é atingir a casa dos seis segundos na temporada e acredito que podemos conseguir”, afirmou o paulistano que tem a imagem do abominável homem das neves estampada em seu Chevette.

Quem prometeu e cumpriu a promessa foi Andre Minoru Matsutami, na Força Livre Dianteira que venceu e viu seus principais adversários não se saírem tão bem.  “Ainda estou longe da liderança, mas muito feliz com a vitória de hoje, pois com esse resultado a categoria embolou e posso dizer que entrei na briga pelo título”, afirmou.

Ainda foram estabelecidas novas marcas nas categorias Dianteira Turbo A, na Dianteira Turbo B, na Dianteira Turbo C e Dragster Junior.

A quarta etapa do Campeonato ECPA de Arrancada 2014 está marcada para os dias 5, 6 e 7 de setembro. Confira os vencedores da 3ª etapa da temporada de 2014:

DES 9.5 – DESAFIO 9.5

1º – Jaison Patrocinio, 9.886

DES – DESAFIO 9

1º – Diego Augusto Bergamin, 8.991

DES 8.5 – DESAFIO 8.5

1º – Ricardo Serafin dos Santos, 8.602

DESAFIO IMPORT

1º – Ariovaldo Tuzin Junior, 7.551

ST – STANDART

1º – Sergio Fernando Ribeiro, 8.164

DO – DIANTEIRA ORIGINAL

1º – João Ricardo Mechi, 7.529

STT – STREET TRACAO TRASEIRA

1º – André Martins Bessado, 8.611

DT-C – DIANTEIRA TURBO C

1º – Thiago Santos Barnabe, 7.722

DT-B – DIANTEIRA TURBO B

1º – Marcel Luis Falato, 7.283

DT-A – DIANTEIRA TURBO A

1º –  Diego Kourroski , 6.634

TT – TRASEIRA TURBO

1º – Luis Eduardo Figueiredo, 5.826

TST – TRASEIRA STREET TURBO

1º – Paulo das Neves, 7.522

TT-B – TRASEIRA TURBO B

1º – Fabio Alarcon, 9.077

FLD – FORÇA LIVRE DIANTEIRA

1º – Andre Minoru Matsutani, 5.825

FLT – FORÇA LIVRE TRASEIRA

1º – Jefferson Ferreira de Carvalho, 6.958

Extreme 10.5

1º – Lelio Cremonini Ferrari, 8.060

DJ-B – DRAGSTER JUNIOR B

1º – Patrick Willian da Silva Ferreira, 8.385

DJ-C – DRAGSTER JUNIOR C

1º – Gustavo Takeda, 9.379

PM – PRO MOD

1º – Washington Silva, 5.602

DB – DRAG BIKE

1º – Bruno Cunha Ceglia, 6.486

 

O Campeonato ECPA de Arrancada é realizado e organizado pelo ECPA e conta com supervisão da Fasp (Federação de Automobilismo de São Paulo).

Deixe um comentário