Álcool pode deixar seu olfato mais aguçado?

vinho1Sim. Foi o que mostrou um estudo. Algo dentro do seu cérebro se apaga durante a bebedeira. E nem é a memória (nesse caso). A ciência não sabe dizer ao certo qual é essa região, mas esse apagão é capaz de fazer com que você sinta melhor o cheiro das coisas.

Pois é. A pesquisa vem lá do país de Israel. Yaara Endelvet e um grupo do Instituto de Ciência de Rehovot quiseram testar essa hipótese. Para isso, 20 voluntários tiveram de cheirar três líquidos – dois deles eram exatamente iguais, compostos pelos mesmos seis odores. Já o outro era quase igual, um único odor o diferenciava das outras misturas. E a tarefa dos participantes era descobrir quais dos líquidos eram iguais.

Depois dos seis primeiros testes, os pesquisadores dividiram o grupo em dois: sem saber de nada, metade tomou um suco de uva com 35 ml de vodca, enquanto a outra parte só ficou no suco, sem nenhuma adição de álcool. E não é que o pessoal levemente embriagado se saiu melhor nos testes?

A ideia da israelense é refazer os testes com a ajuda de exames de ressonância magnética – assim ela descobrirá, enfim, qual é a tal área que se apaga e melhora nosso olfato.

Não entendeu aonde ela quer chegar com isso? Ela explica: “Se soubéssemos mais sobre o mecanismo que causa essa inibição, isso poderia nos ajudar a descobrir porque algumas pessoas perdem o olfato”.

Deixe um comentário