O perfil e características do profissional moderno

multitarefaO profissional moderno necessita de um perfil eclético, muita capacitação e conhecimento para se manter no mercado corporativo. Precisa ter uma abertura grande para adquirir conhecimento, ser flexível e estar sempre pronto para as mudanças.

Esse profissional moderno precisa ter habilidade com a diversidade de profissionais com a qual irá trabalhar. Essa diversidade pode ser interna e externa. Internamente, da empresa onde trabalha, com profissionais abaixo da função exercida, no mesmo nível ou superior. Externamente, com fornecedores, parceiros e clientes.

Esse profissional moderno precisa ser motivado, amar o que faz acima de qualquer coisa e, principalmente, no momento econômico e financeiro pelo qual o país passa, ser perseverante, confiante nele e na empresa onde trabalha.

Esse profissional moderno precisa disponibilizar o tempo todo a sua energia positiva e pessoal no ambiente de trabalho.

Esse profissional moderno precisa ter olhar de dono, trabalhar, tomar decisões como se a empresa fosse dele, visando sempre a lucratividade, a produtividade e o que for melhor para o negócio.

Esse profissional moderno não pode repetir no futuro muitas das decisões que foram corretas no passado. O mercado muda, o mundo muda. Muitas ações tomadas no passado podem não ser as corretas no presente. Esse tipo de decisão repetida é comum principalmente em empresas familiares.

Esse profissional moderno precisa ter aptidão para trabalhar em equipe: ninguém consegue realizar nenhum projeto sozinho; os profissionais precisam caminhar juntos o tempo todo.

Esse profissional moderno precisa saber dar feedback (retorno) e recebê-lo das pessoas. Mas principalmente receber, ouvir, lembrando sempre que as críticas construtivas nos fazem crescer.

Muitos profissionais entendem as críticas como perseguição e muitas vezes as recebem como destrutivas. Precisamos compreender a diferença entre a crítica construtiva e destrutiva.

Esse profissional moderno precisa ter empreendedorismo nas veias, como se fosse o dono. Eu resumo empreender em três pontos: trabalhar muito, se capacitar (buscar conhecimento o tempo todo – aprendizado contínuo) e saber fazer negócio.

Esse profissional moderno precisa entender que, quando tem problemas, é necessário tratar as causas, pois, assim, os problemas não se repetem. Precisa também saber separar o que é condição do que é problema. A condição não muda, mas o problema tem solução.

Formação sólida e diversa, com experiências internacionais, o torna ainda melhor nas tomadas de decisão (ponto muito observado nos processos de recrutamento e seleção). Quando o profissional participa de alguma ferramenta do mercado que mensura o seu poder de decisão, eventualmente não consegue atingir o nível esperado. A tomada de decisão é crucial para o bom desempenho do profissional.

Para completar o perfil desse profissional moderno, precisa ser muito inovador e criativo, buscando sempre soluções diferenciadas e que nunca foram propostas antes.

 

*Sergio Henrique Miorin é diretor geral da SM – Consultoria, Treinamentos e Palestras, colunista no Jornal de Valinhos, consultor de empresas e professor em instituições de ensino, em cursos técnicos, graduação, pós-graduação especialização e pós-graduação especialização MBA como: IBE/FGV, Metrocamp/IBMEC, Unisal, FAJ e Grupo Anhanguera

Deixe um comentário