Roteirista Beto Skubs estudará em Universidade de Los Angeles

Após o grande sucesso da HQ “Fade Out: Suicídio Sem Dor”, lançada oficialmente em junho no CEDHU (Centro Nacional de Documentação, Pesquisa e Divulgação do Humor Gráfico de Piracicaba) e após tardes e noites de autógrafos e workshops em grandes eventos e importantes locais como o 9º Pira Anime Fest (um dos maiores eventos do mundo gráfico do interior paulista), Monkix Livraria (localizada no bairro Consolação, na cidade de São Paulo) Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba), além da abertura do 39º Salão Internacional de Humor de Piracicaba, Beto Skubs, roteirista da HQ – contemplada pelo ProAC (Programa de Ação Cultural) e concebida inicialmente como um roteiro para cinema –, está de malas prontas para os Estados Unidos, onde estudará na Universidade da California Los Angeles (UCLA).

Radicado em Piracicaba há mais de 20 anos e formado em Radio e TV pela Unimep em 2004, Skubs ganhou a prestigiada bolsa CAPES-Fulbright para mestrado em Roteiro de Cinema. Ele embarcará no próximo domingo, dia 2 de setembro, com destino a cidade de Columbia, na Carolina do Sul, onde terá uma semana de orientação ministrada pela Fulbright com bolsistas de diferentes países. Após um período experimental, o roteirista segue para Los Angeles, onde dará início ao curso. “Estou muito orgulhoso, espero levar um pouquinho de Piracicaba para Los Angeles, já que sou piracicabano de coração”, afirma o roteirista.

 

Beto foi um dos três candidatos que conquistaram a importante bolsa. O passo seguinte foi conseguir entrar numa universidade americana de altíssimo nível: a UCLA, considerada por muitos a melhor escola de roteiro de cinema do mundo. Entre os ex-alunos da Universidade estão cineastas famosos como Francis Ford Coppola, Nicholas Cage, David Koepp (roteirista de Homem Aranha), Gore Verbinksi (Piratas do Caribe) e Alexander Payne – esses últimos vencedores na última edição do Oscar.

No total, os ex-alunos da UCLA já faturaram 105 Oscars, 278 Emmys (o Oscar da TV norte americana) e 79 Globos de Ouro, entre outros prêmios importantes. “Pretendo aprimorar ainda mais minhas qualidades como roteirista. Estou indo para uma das melhores universidades do mundo, aprender roteiro com os norte-americanos, que são responsáveis pela mais bem sucedida indústria de cinema do planeta. Na volta, gostaria de escrever filmes e seriados de TV, dar consultoria de roteiros, e ajudar a indústria cinematográfica brasileira que tem crescido bastante nos últimos anos”, completa Beto.

Deixe um comentário