Fala sério!

Os textos de diferentes autores publicados nesta seção não traduzem, necessariamente, a opinião do site. Sua publicação obedece ao propósito de estimular o debate e de refletir as diversas tendências do pensamento contemporâneo.

IRRACIONALIDADE

Assustadora a classe média brasileira. Enquanto Dilma fazia seu pronunciamento, no ultimo domingo, os defensores da ética xingavam a presidente com os mais baixos palavrões e com total falta de respeito. Para quem clama por justiça, princípios morais, defesa da cidadania e educação para todos, soa antagônico ouvir pais e mães esbravejando impropérios de suas janelas, ao lado de seus filhos. Mas, escondidos, protegidos por cortinas e persianas. É esta geração que pretende mudar o país? E dessa forma? Será que é preciso chegar a esse ponto para exercer a cidadania? Vamos protestar! Vamos nos unir para colocar os corruptos na cadeia! Mas, principalmente, vamos dar exemplo de ética e respeito ao próximo para as futuras gerações. Seus vizinhos não são obrigados a conhecer o vocabulário que você adquiriu nas arquibancadas dos clássicos paulistas.

MANIFESTAÇÕES

As manifestações do dia 15 podem gritar por uma mudança radical no sistema politico brasileiro, dificultando que representantes do povo e empresários corruptos façam do país o quintal de suas casas. Isso sim é uma luta justa, sem propagar a ruptura do sistema democrático, como se pudéssemos ter um terceiro turno. A eleição já acabou. Certo ou errado temos de respeitar a vontade do povo que elegeu a presidente e cobrar dela politicas que conduzam a sociedade brasileira a melhores dias.

PARA REFLETIR

No O Globo, Verissimo escreveu: “Surgiu um fenômeno nunca visto antes no Brasil, um ódio coletivo da classe alta, dos ricos, a um partido e a um presidente”.

Em seu Blog, no UOL, Juca Kfouri afirmou: “O panelaço nas varandas gourmet não foi contra a corrupção. Foi contra o incômodo que a elite branca sente ao disputar espaço com esta gente diferenciada que anda frequentando aeroportos. Congestionando o trânsito e disputando vagas na universidade”.

Também em seu Blog, o jornalista Leonardo Sakamoto disse: “É preciso ‘coragem’ para chamar uma mulher de ‘vaca’ da janela do prédio com todos os vizinhos e transeuntes olhando. Chamar de ‘vaca’ não é fazer uma analise da honestidade e competência de alguém que ocupa um cargo público e sim uma forma machista de depreciar uma mulher simplesmente por ser mulher”.

O QUARTO MANDATO

Barjas Negri poderá ir para seu quarto mandato à frente da Prefeitura de Piracicaba. Governando a cidade por debaixo do pano, é ele que ainda decide as principais ações que estão sendo tomadas pela Prefeitura. Gabriel Ferrato faz o papel de Rainha da Inglaterra. Quem perde é a cidade que não tem um governo forte.

NEM AS ALMAS…

O Cemitério da Saudade está como a administração municipal, totalmente abandonado – nem mesmo as almas penadas estão passando por lá. Não adianta a população reclamar que a Prefeitura não nada faz e que o mato está literalmente engolindo as ruas e os túmulos. Os mortos não votam, mas os familiares que estão vivos ainda exercem o poder nas urnas.

TJ NEGA AUMENTO

O Tribunal de Justiça de São Paulo negou liminar para o reajuste de vereadores, prefeito e secretários que administram a cidade. Um alívio ao coração dos cidadãos que estão descrentes com tanta impunidade e maracutaia.

MARTA DE MARIDO NOVO

A senadora Marta Suplicy não perde tempo. Depois de largar Eduardo Suplicy e o argentino Luis Favre, está de marido novo. Ele é filiado do PMDB paulista. Marta sai do PT e vai para o PSB concorrer a Prefeitura de São Paulo. Será que uma nova coligação está surgindo?

MANUAL CONTRA A CORRUPÇÃO

Aqui vai nossa colaboração para que o presidente da Câmara, Matheus Erler, e os vereadores identifiquem casos de corrupção. Juristas experientes dão as dicas de como detectar se um administrador está desviando recursos públicos.

AULA DA SEMANA

Nenhum projeto de desenvolvimento prospera em um ambiente onde predomina a corrupção. As administrações se corrompem, e os cidadãos de bem se retiram, deixando a área livre para a atuação de quadrilhas. É o circulo vicioso se iniciando. Às vezes é preciso uma crise de grandes proporções para quebrar o circulo vicioso e a cidadania imperar novamente.

 

Fala Sério! é publicada toda quarta-feira no jornal Tribuna Piracicaba e no site da Tribuna e de A Província. Também pode ser acessada pelo Facebook: Falasério djalma lima

 

 

 

 

 

 

6 comentários

  1. rubens em 11/03/2015 às 08:35

    O povo não aguenta mais o PT a Presidente os seus ministro só metendo a mão em trilhões de reais e mandando dinheiro pra cuba venezuela africa e Vcs estão preocupados com o vocabulário.
    Até os livros didáticos fornecido pelo estado contem coisas absurdas.
    Deixa o povo falar o que quiser, se o ladrão entrar na sua casa e roubar tudo, Vc não vai falar palavrões, acho que vcs são celibatários vou mandar erguer altar para vcs e o pt okkkkkk!!!!!
    NÃo concordo com palavrões mas dói muito mais este desgoverno onde bandidos matam nossos filhos e ninguém faz nada.
    Engenheiro Rubens Morandi Junior.

  2. toni em 12/03/2015 às 02:17

    Esterilizar as manifestações com essa cantilena de classe média, ódio aos pobres e aos seus carnês atrasados, recorrer ao Juca (dono da Playboy) como paladino da ética não vai parar o grito lícito e necessário. O politicamente correto é o petismo, em estado puro. Basta de mentiras, embustes e roubalheiras.O governo está desorbitado por sua própria responsabilidade.

  3. alceu de lemos em 14/03/2015 às 22:39

    Sempre a esquerda procurando vitimizar-se !
    Que preocupação com os palavrões!
    Os jornalistas citados….. Que beleza!
    Acredito que ao procurar a Provincia pela história de Piracicaba merecíamos interpretação melhor
    dos fatos políticos do momento sem esquerdopatia já superada .

  4. Antonio Carlos em 15/03/2015 às 09:54

    O Brasil dos privilégios e privilegiados está em coma. Um novo país renasce mais equânime, apesar do longo caminho que ainda resta. Quem sabe faz a hora enquanto os mimados fazem birra na beira da estrada.

  5. Antonio Carlos em 15/03/2015 às 09:57

    Parece que o prefeito Ferrato vem dando sua cara à administração. Acho que faz um bom governo. Basta de uma obra por dia. A pressa é inimiga da perfeição e quem anda para trás é caranguejo.

  6. Rui Kleiner em 17/03/2015 às 13:34

    Faz parte de um processo democrático tais barbáries escritas e gritadas por gente rendida à histeria. Prova disso é que NENHUM comentário em favor dessa imbecilidade que chamaram de manifestação possui alguma crítica construtiva (ainda, em nenhum deixa de seguir o jargão “PT” como a única forma passível de crítica).
    O povo escolheu, queiram ou não. A classe burra e enganada perdeu, nas eleições, nos diálogos e na postura. Partir para a ignorância só vai fazer se afogarem ainda mais (vide seus paladinos: Lobão, Bolsonaro, TFP, etc).
    Nesta cidade, desgovernada há tempos pelo fantochismo, seria mesmo de se esperar que grande parte de seus inquilinos não conseguissem se livrar fácil do cabresto.
    Faz parte.

Deixe um comentário