Fala sério!

Os textos de diferentes autores publicados nesta seção não traduzem, necessariamente, a opinião do site. Sua publicação obedece ao propósito de estimular o debate e de refletir as diversas tendências do pensamento contemporâneo.

MANIFESTAÇÕES

As manifestações são legitimas, tanto dos que protestam, quanto dos que defendem. Mas, não podemos cair na histeria da derrubada de um governo que foi legitimamente eleito pelo povo. Isso é golpe. Somos a favor da luta contra a corrupção e da prisão dos corruptos. As manifestações podem mudar muita coisa neste país, mas não vão atender o desejo dos partidos de oposição, que é a derrubada da presidente.

HSBC

Mais de 8 mil brasileiros depositaram dinheiro no HSBC para evitar o pagamento de impostos, surrupiando os cofres da nação. Sem o mínimo constrangimento, essas mesmas pessoas, com certeza, participaram, no domingo, das manifestações para pedir a moralização no país. São R$ 7 bilhões desviados para não pagar impostos. Fala Sério!

HSBC NA MÍDIA

Ao menos 22 empresários do ramo jornalístico e seus parentes, além de sete jornalistas, estão na relação dos clientes do HSBC no exterior. Eles são empresários da Rede Globo, da Folha de S.Paulo e do Grupo Bandeirantes, para citar alguns.

OS PROTESTOS

Nas imagens da manifestação em Piracicaba, publicadas no Face, vi protestando contra a corrupção  pessoas envolvidas em denúncias quando passaram por cargos públicos. Pode? Eles bem que podiam ter ficado em casa para não desmoralizar o protesto, que foi muito bonito e emocionante, segundo os participantes.

CONTRA DILMA

As manifestações foram contra o governo, contra Dilma, contra a corrupção. Mas nenhum politico, mesmo os que apoiam estes protestos, está livre de ser hostilizado. A população está cansada de seus representantes de forma geral porque não se sente atendida por eles. Tanto que aqueles que tentaram falar foram vaiados. Este fato precisa ser devidamente analisado. A politica brasileira e seus representantes precisam mudar.

BATE E ASSOPRA

Publicado no domingo, pela Folha, sobre Dilma: “Qualquer sucessor que a substituísse, não sendo irresponsável, teria de adotar duro ajuste econômico semelhante ao que está em curso. Melhor que prevaleça a legitimidade do voto popular”.

IMAGEM E SEMELHANÇA

Fica cada vez mais difícil acreditar nos políticos. Parece que eles trabalham para piorar a imagem já desgastada que têm. Agora é o veículo oficial do vereador Madalena, cedido para o trabalho, que foi aprendido pela polícia por estar sendo dirigido por um menor. Fala Sério!

POPULAÇÃO REVOLTADA PEDE A OPERAÇÃO LAVA CARRO PARA APURAR O CASO DO VEREADOR MADALENA. ELES PREPARAM UM BUZINAÇO EM FRENTE À CÂMARA MUNICIPAL. OS ORGANIZADORES PEDEM PARA TODOS VIREM DE VERDE E AMARELO, COM CARTAZES COM FRASES COMO: “FORA MADALENA”, “IMPEACHMENT JÁ”, “CAPITÃO GOMES NA PRESIDÊNCIA DA CÂMARA”.

MAIS UM HINO

Uma lei sancionada pela presidente Dilma Rousseff obriga que o Hino à Negritude seja tocado em todas as solenidades públicas que façam homenagem aos negros. O presidente do legislativo, Matheus Erler, propõe tornar a obrigatoriedade municipal. Portanto, a partir de agora, ouviremos três hinos: o nacional, o do município e o à negritude. Haja civismo para tudo isso, ainda mais se tiver assistindo à solenidade sob um sol de 30 graus.

MAIS UM HINO II

 

Conheça a primeira estrofe do novo hino: Sob o céu cor de anil das Américas; Hoje se ergue um soberbo perfil; É uma imagem de luz; Que em verdade traduz; A história do negro no Brasil; Este povo em passadas intrépidas; Entre os povos valentes se impôs; Com a fúria dos leões; Rebentando grilhões; Aos tiranos se contrapôs; Ergue a tocha no alto da glória; Quem, herói, nos combates, se fez; Pois que as páginas da História; São galardões aos negros de altivez.

 

FALTA D’ ÁGUA

Porque os cortes de água atingem sempre os bairros da periferia? Apesar de o presidente do SEMAE, Wlamir Schiavuzzo, afirmar que não há falta de água na cidade, sempre há cortes. Será que a manutenção ficou esquecida por tantos anos que agora está sendo necessário paralisar o abastecimento para consertar tudo?

MANUAL CONTRA A CORRUPÇÃO

Aqui vai nossa colaboração para que o presidente da Câmara, Matheus Erler, e os vereadores identifiquem casos de corrupção. Juristas experientes dão as dicas de como detectar se um administrador está desviando recursos públicos.

AULA DA SEMANA

Prestem atenção à independência dos vereadores em relação ao executivo. O vereador não pode ser submisso ao prefeito. Se ele assim agir, pode ter sido cooptado para acobertar atos de corrupção. O vereador, acima de tudo, é um fiscal do executivo, e não pode abdicar deste papel.

 

Fala Sério! é publicada toda quarta-feira no jornal Tribuna Piracicaba e

no site da Tribuna e de A Província. Também pode ser acessada pelo Facebook: Falasério djalma lima

2 comentários

  1. Antonio Carlos em 18/03/2015 às 09:38

    Vi no JP (17.03.15) frase atribuída ao presidente da ACIPI durante a manifestação: “NOSSO PROTESTO FOI MARCADO PARA O DOMINGO, PORQUE QUEM ESTÁ AQUI HOJE TRABALHA E GERA RENDA”.
    Fiquei chocado, principalmente por partir – segundo o jornal – de alguém tido como informado e bem sucedido. É uma frase carregada de preconceito. Havia 8.500 pessoas na passeata, inclusive muitas crianças. São as que geram a renda dessa cidade?
    Quem não foi como eu é vagabundo? Realmente não vi nas fotos da passeata motoristas de ônibus, coletores de lixo, domésticas, vigilantes, faxineiras, pedreiros, operários que erguem pontes e fazem estradas; agricultores que plantam nossa comida. Vi políticos investigados pela justiça, vereadores que se deram aumento de 66%, mais 5%, que foi retirado pela Justiça (na ocasião quem protestou foi tratado com tropa de choque) e deputado que custa para nós R$ 160 mil por mês. O dono da frase faz parte do mercado imobiliário piracicabano. Contudo nunca o vi preocupado com as favelas e cortiços da cidade; nunca o vi protestar contra as condições insalubres – flagrados pelo CEREST – dos alojamentos. Não fosse o “Minha Casa Minha Vida” certamente Piracicaba estaria o caos, já que os preços de casas são irreais e os aluguéis insuportáveis. Na minha opinião, a maioria dos que saíram aqui e Brasil afora para protestar está preocupada com a perda de privilégios; está brava porque os pobres podem andar de avião, comprar carro e invadir sua praia. Essa gente usufrui o melhor nas capitais nordestinas sem se importar com a miséria que elas escondem. Dão a entender que o país é deles, não de todos. Parece que saíram às ruas por se sentirem seguros na massa e protegidos pela polícia. Porque na verdade vivem cercados de muros e cercas elétricas com medo da massa ‘ameaçadora’ que eles mesmos criaram. E Piracicaba é o céu. Aqui não há e nunca houve corrupção e nem superfaturamento, nossa Câmara é excelente e nosso Judiciário pune tanto ricos como pobres.

  2. Bernadete Faria em 18/03/2015 às 13:26

    Excelente!!! Parabéns!

Deixe um comentário