FALA SÉRIO!

Os textos de diferentes autores publicados nesta seção não traduzem, necessariamente, a opinião do site. Sua publicação obedece ao propósito de estimular o debate e de refletir as diversas tendências do pensamento contemporâneo.

canavial-1VOU LHE USAR

Barjas Negri vem utilizando um companheiro de todas as jornadas como estepe para seu projeto pessoal. Pelo que conheço, o atual prefeito Gabriel Ferrato não é pessoa que se deixa usar mas, ao que tudo indica, seu amigo Negri levará a melhor na disputa da vaga para candidato na próxima eleição. Conviver com os resquícios do coronelismo em pleno século XXI soa no mínimo anacrônico, né não, eleitores?

MENOS 50 MIL

Segundo as entidades que representam o setor sucroalcooleiro na região de Piracicaba, este ano, cerca de 50 mil pessoas deixarão de vir para a região trabalhar no corte e na colheita da cana-de-açúcar. Isso porque a queimada foi proibida e houve intensificação da mecanização da colheita. Se por um lado isso representa queda no consumo do comércio das cidades, por outro reduz, e em muito, as despesas com atendimento médico-hospitalar e outros serviços de emergência e assistência que os municípios tinham de oferecer para esses trabalhadores.

SEM BOIA

Os chamados boias-frias vindos do nordeste, de Minas Gerais, do Paraná ou mesmo da região de Sertãozinho, em São Paulo, terão de se reciclar profissionalmente e buscar alternativas de trabalho. O corte de cana para esses trabalhadores sempre significou uma alternativa dolorosa de ganhar o pão devido às condições em que esse trabalho era realizado. A mudança na colheita acaba com um sistema de quase escravidão em pleno século XXI, mas cria dúvidas em relação ao futuro desses trabalhadores.

MAIS $AFRA

A região de Piracicaba deve colher em torno de 8,5 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na safra de 2015, que deve ser iniciada na próxima semana. O volume é cerca de 10% maior que o registrado na safra passada.

 

AVISO AOS LADRÕES

Quando o proprietário de um imóvel no centro da cidade resolve colocar uma faixa para avisar aos ladrões que não tem mais nada a ser furtado naquela residência é por que o problema está seríssimo. Após ter uma de suas casas assaltada oito vezes, só restou ao cirurgião-dentista Renato Henrique Benatti, proprietário do imóvel, fazer propaganda de sua má sorte. Resta saber se os ladrões sabem ler, escrever e interpretar texto. Este fato mostra a farsa de um governo que abandona a educação e não cuida da segurança pública e a tragicomédia de um cidadão largado à própria sorte. Por onde andam nossos políticos que não se sensibilizam com tudo isso?

ESCLARECIMENTO

O Secretário Municipal de Defesa do Meio Ambiente, Rogério Vidal, ligou esta semana para esclarecer sobre a situação dos cemitérios da cidade, que são administrados pela prefeitura. Assegurou que o Cemitério da Vila Rezende passou por uma grande reforma e está com sua manutenção em dia.

ESCLARECIMENTO II

Em relação ao Cemitério da Saudade, o grande problema, segundo ele, é a proibição do uso de herbicida para acabar com o mato, já que o produto estava matando os gatos. Segundo ele, sua secretaria já está tomando as providências para deixar o Cemitério da Saudade em ordem. Além de milhares de famílias piracicabanas que têm parentes sepultados no local, ainda há personalidades como o presidente Prudente de Moraes e o renomado artista Almeida Júnior. Com relação à manutenção dos túmulos, Vidigal disse que a responsabilidade é das famílias, que já estão sendo notificadas para a devida manutenção. O secretário completou que a prefeitura é responsável pela manutenção das calçadas e do passeio do cemitério.

ESCLARECIMENTO III

Sobre as criticas que ele teria feito durante a campanha eleitoral, quando foi vice do então candidato José Borghesi (PMDB), fez questão de esclarecer que as dirigiu contra o ex-prefeito José Machado (PT) e não contra Mendes Thame (PSDB), que também disputava a prefeitura e acabou pegando uma carona sobre seu descontentamento para se promover. Coisas da política.

BOLA FORA     

Diante da diminuição da adesão às manifestações no último domingo, a Globo News, não tendo variedade de imagens para mostrar, encontrou uma saída: falar da pesquisa do DataFolha, que mostra a baixa aprovação da presidente Dilma. A mídia apostou na indignação do povo para tentar manter a audiência, tanto que a Globo e a Jovem Pan deixaram de transmitir o jogo Santos e XV para mostrar os manifestantes gritando “fora PT”. Ao que tudo indica, deram uma bola fora.

 

Fala Sério! é publicada toda quarta-feira no jornal Tribuna Piracicaba e

no site da Tribuna e de A Província. Também pode ser acessada pelo Facebook: Falasério djalma lima

 

1 comentário

  1. Antonio Carlos em 15/04/2015 às 12:18

    “Se a crise se instalar com a força que se espera e os mais pobres saírem às ruas, é possível que a turma deste domingo corra para seus apartamentos. E chame a polícia”. Luis Fernando Vianna. Folha 13.04.15.

Deixe um comentário