Fala sério!

Os textos de diferentes autores publicados nesta seção não traduzem, necessariamente, a opinião do site. Sua publicação obedece ao propósito de estimular o debate e de refletir as diversas tendências do pensamento contemporâneo.

calendarioSEM SINTONIA

É incrível como a prefeitura não tem sintonia com os órgãos federais e estaduais. Tudo parece ser feito sem um entendimento, sem saber o que cada Instância está fazendo. Veja o caso da duplicação da Rodovia SP 308, que liga Piracicaba a Charqueada. Somente após o termino da obra é que a prefeitura se reuniu com o DER para saber o que era de sua responsabilidade. E isso graças a interferência do vereador José Longatto.

…NEM ACESSOS

Para executar a obra o DER elaborou um projeto com todos os acessos e as ligações com o bairro de Santa Terezinha, mas como a prefeitura não fez sua parte os moradores ficaram ao deus-dará, com acessos sem sinalização e obras de responsabilidade do município inacabadas.

SAÚDE NO LIMBO

 Mesmo após o ex-ministro da Saúde Barjas Negri ter assumido por duas gestões a administração da cidade, a saúde continua um caos, conforme relato do vereador Trevisan. Temos epidemias como a dengue e atendimento indigno nos hospitais e postos de saúde. Conclusão: nada mudou na saúde pública da cidade. E ele quer voltar, mesmo que para isso tenha de puxar o tapete do seu parceiro Gabriel Ferrato.  Ainda bem que o Aécio não ganhou, porque com um coordenador de programa de saúde como o Barjas, o país estaria no limbo.

VENDIDO

Neste momento da história política de Piracicaba o único partido reconstruído, que poderia fazer oposição, é o PMDB por tudo que representou na transformação social, cultural e politica da cidade. Mas, infelizmente, o partido está vendido para o PSDB em troca de alguns cargos políticos.  E essa situação não vai mudar por conta das direções estadual e nacional, que preferem deixar de disputar a prefeitura de uma cidade como Piracicaba em razão de acordos fisiológicos.

 OUTRO CAMINHO

Se a oposição na cidade quiser ter forças para disputar as eleições municipais terá que de se unir e buscar novos caminhos. O PSDB não é imbatível e usa a tática de destruir toda e qualquer oposição que surja para se manter no poder. Até quando a oposição em Piracicaba aceitará ser manipulada?

DE OLHO NO CALENDÁRIO

As eleições municipais serão no ano que vem e quem não estiver preparando uma estratégia agora não terá condições de disputar para vencer. Será novamente coadjuvante. Mas, uma coisa é certa: Barjas Negri já está se movimentando e, para isso, tem competência. Quem quiser disputar em 2016 terá de se filiar ou estar em um partido até 30 de setembro deste ano.

CULTURA DO PUXADINHO

Foi lamentável o que aconteceu com um dos maiores fotógrafos brasileiros, o piracicabano Fran Camargo. Dono de um talento admirável, ele iria realizar uma exposição em Piracicaba com suas belas fotos, mas a Secretaria da Ação Cultural trocou na última hora o espaço do evento e ofereceu a ele um “puxadinho”. Fran não aceitou e cancelou a mostra. Em seu face, o artista escreveu: “É com tristeza que estou cancelando a minha exposição Fotografia, uma Paixão”. É lamentável como vem sendo tratada a cultura em Piracicaba, com total desprezo. As belíssimas imagens desse artista e ele próprio não merecem.

SERÁ QUE ELE É?

A pergunta foi à queima roupa, quando me encontrei na 2ª feira com José Luiz Ribeiro, Secretário do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado. Ele me olhou, deu um largo sorriso e se manteve calado. Mas, não deixei por menos e completei: “o Barjas não é imbatível, apenas não tem concorrente”. Ele respondeu: “Vamos conversar”. Sorriu e saiu em direção a uma solenidade que acontecia na Assembleia Legislativa.

CULPADA

Há quem diga que Ana Maria de Andrade Franco é a culpada pelo transbordamento do Rio Piracicaba e os estragos causados na rua do Porto. Ela foi a musa inspiradora do compositor Lourival dos Santos, que escreveu a letra “Rio de Lágrimas”. Diz a lenda que ele chorou tanto que o rio quase nunca seca. Para quem não se lembra, segue um trechinho: “O rio de Piracicaba; vai jogar água pra fora; quando chegar a água; dos olhos de alguém que chora; mas quando chegar a água; dos olhos de alguém que chora; lá no bairro onde eu moro; só existe uma nascente; a nascente é dos meus olhos; já formou água corrente; pertinho da minha casa; já virou uma lagoa; com lágrimas dos meus olhos; por causa de uma pessoa”.

OU INOCENTE?

A canção está completando 45 anos agora, em 2015. Ana Maria conta: “Não foi uma história de amor, sempre tivemos muito respeito um pelo outro. Lourival era muito amigo da minha família, de meus pais e irmãos”. Ela é irmã da dupla de violeiros Craveiro e Cravinho, que gravou a canção Rio de Lágrimas.

 

Fala Sério! é publicada toda quarta-feira no jornal Tribuna Piracicaba e no site da Tribuna e de A Província. Também pode ser acessada pelo Facebook: Falasério djalma lima

Deixe um comentário