Ignaro

Os textos de diferentes autores publicados nesta seção não traduzem, necessariamente, a opinião do site. Sua publicação obedece ao propósito de estimular o debate e de refletir as diversas tendências do pensamento contemporâneo.

ignaro

O que leva uma pessoa a se agarrar à normas, ritos, doutrinas e dogmas a ponto de rejeitar e condenar tudo o que lhe pareça ameaça? Tem gente que não quer nem pensar em questionar suas crenças. Chegam a perder a amizade por causa disso. Essa praga vem ganhando volume, mais ainda dentro de religiões, mesmo com grande avanço no acesso a informações que temos hoje. Houve tempo em que fui assim. Percebi que ficava com ‘verdades’ e perdia pessoas. Não que se deva abrir mão de valores, mas radicalismo tem a ver com ignorância. O ignorante como tal nunca se reconhece. Caso contrario deixaria de sê-lo. Por isso, bater de frente é perder tempo. Fanatismo e humor não cabem na mesma pessoa. Nunca vi fanático bem humorado.

Nasci e cresci na Igreja Católica. Gosto dela, porém ela poderia fazer muito mais para instruir seu povo. Não que eu seja instruído, mas me interesso por coisas de minha religião. Não acho ruim quando falam certas verdades sobre ela, pois sei que cometeu pecados gravíssimos, e comete ainda; tanto por parte de padres, bispos, leigos e até papas. O ignaro sente-se ofendido com isso, e acaba caindo no ridículo dado sua falta de argumentos. Do alto de sua cátedra dispara ortodoxias que não se sustentam.

Brega mesmo é a mania que o religioso tapado tem de separar corpo e alma; devoção e mundo; fé e ciência; crença e política. Religião para ele é um compartimento da vida, não um modo viver. O conceito de Deus que carrega é dos tempos da infância, passado pelos pais. Nunca experimentou Deus e nem pôs sua fé a prova. Nunca teve que testemunhá-la, afinal para ele religião é coisa de foro íntimo. Entende as Escrituras ao pé da letra. Foge de eventos que questionem seu modo de pensar e ver o mundo. Vai à missa, dá dízimo e cumpre seus deveres de preceito para ter créditos com Deus, de quem espera proteção e salvação eterna, mesmo porque é isso que ensina a maioria dos ministros em suas homilias desencarnadas da realidade e desconectadas do plano de Deus. Desde criança ouço dizer que Jesus morreu para nos salvar. Até ateu sabe disso. Muitos padres nos tratam como crianças pondo em nossas bocas orações que lhes convém. Pouco se preocupam com a instrução de seus fiéis, talvez para que possam mandar e desmandar já que em terra de cegos quem tem um olho reina.

Sei que Igreja é povo de Deus, povo que se esforça por viver e anunciar o Reino; e isso gera conflitos numa sociedade cujos pecados clamam ao céu por justiça. Nossas cadeias estão cheias de jovens pobres e negros porque nada a sociedade lhes oferece que lhes dê sentido e rumo à vida, nem mesmo Igrejas. Nova unidade da Fundação CASA está sendo erguida na cidade porque a primeira está lotada. Dois em cada três jovens infratores não têm pai. Piracicaba terminou 2015 com 34 homicídios e cinco latrocínios. Nos 10 primeiros meses do mesmo ano, 4.678 operários sofreram acidentes de trabalho; cinco morreram. O Ministério do Trabalho interditou três alojamentos da construção civil em péssimas condições. Em 2014 o transitou matou 52 pessoas. Primeira que acorda e última que deita, a mulher trabalha três turnos. Nos primeiros cinco meses desse ano, 13 estupros foram registrados, nove a mais ao igual período de 2015. A DDM registra 142 casos de violência por mês contra a mulher. E nenhum profeta para denunciar e exigir justiça. Não temos nada com isso, não é mesmo? Que Deus tenha dó dessa gente. Nossa obrigação é rezar, fazer campanhas, dar comida, roupas, etc.

Piracicaba tem 2.592 moradores em áreas de risco (JP 03.04.16) e 3.426 famílias [com renda familiar até R$ 1.600] aguardam por moradia. (JP 07.06.15).  Alheia a tudo isso, nossa Diocese pretende construir um Palácio Episcopal em condomínio fechado para nosso ausente e omisso bispo se acomodar na aposentadoria, que infelizmente não será já.  Área 906 m2 foi comprada. O fanático religioso não vê nada de errado nisso.

Ou estou louco ou o Evangelho dessa gente não é o mesmo que conheço.

Deixe um comentário