Meditação

Os textos de diferentes autores publicados nesta seção não traduzem, necessariamente, a opinião do site. Sua publicação obedece ao propósito de estimular o debate e de refletir as diversas tendências do pensamento contemporâneo.

downloadContemplando teu quadro emoldurado

Te sigo com meus passos subalternos

Na proposta dos meus velhos cadernos

Já pude prever todo teu cuidado.

 

E do ventre dos teus laços maternos

Teu cuidado se segue sazonado

Em meu soneto, mais do que rogado,

Ao teu lado, resisto aos meus invernos.

 

Os primeiros socorros do além-mar,

Pra tirar meu amor das quarentenas,

Serão a natureza do meu ar.

 

Teu pacífico tempo das novenas

Me inebria por um sereno olhar

Paciente jardim d’águas amenas.

Deixe um comentário