Outra atrás da uma

Os textos de diferentes autores publicados nesta seção não traduzem, necessariamente, a opinião do site. Sua publicação obedece ao propósito de estimular o debate e de refletir as diversas tendências do pensamento contemporâneo.

Andando na inversibilidade do texto ‘uma atrás da outra’, esse nosso Legislativo carrega e escorrega, sabe-se lá de propósito ou por incompetência. Digo isso por dois dos últimos episódios travados com Serra (poço profundo de antipatia) e o alto grau de deselegância imposto à deputada e advogada Ana Perugini. Confesso, que apesar de nunca ter emprestado meu voto a nenhum dos dois, tenho acompanhado com certo interesse o papel político da nobre deputada pelo social: mulher, habitação, saúde entre tantas outras. Pois bem, dias atrás, depois de aguardar hora e meia para uso da tribuna, onde iria falar sobre a PL 556/07, que trata das formas compensatórias entre estado e municípios que recebem unidades prisionais, ela resolveu ir, e foi (embora), deixando para trás um rastro da desorganização que reina na secretaria da mesa no prédio da Alferes. Ficou bonito! Não bastasse isso e tão somente depois de três anos, com uma tromba maior que a do bico mascote do seu partido, o desgastado e desacreditado Serra, aportou em nossa cidade e em evento extramuros da Câmara, leia-se Simespi, onde recebeu o empoeirado título de cidadão piracicabano. O desdém foi tanto, que eu nem duvido que de repente esse título esteja jogado no porta-luvas do seu carro; e sabe de quem é a culpa de tudo isso? Nossa!.. que simplesmente outorgamos a esses senhores assentados da Alferes nossa representatividade. Bem feito pra nós! Jamais pensei em minha vida que fosse desejar tanto pelas próximas eleições.

Deixe um comentário