Passagem secreta

Os textos de diferentes autores publicados nesta seção não traduzem, necessariamente, a opinião do site. Sua publicação obedece ao propósito de estimular o debate e de refletir as diversas tendências do pensamento contemporâneo.

Há algo bem escondido em toda parte e só o vê quem possui o agudo olhar da curiosidade, da aventura de viver ainda que de forma modesta, simples ou mesmo anônima. Há algo que nos transporta para onde queiramos ir ou estar. Basta querer.

Nossos olhos se acostumam com a paisagem cotidiana, com o roteiro a ser cumprido todos os dias e perdemos a maravilhosa visão deste espaço pequenino que habita o nosso coração. Lá está ele, como um oásis no deserto, miragem despercebida. Fonte de águas cristalinas, praias paradisíacas, campinas verdejantes, montanhas sem fim, diáfano mundo de belezas.

Se há tumulto e ruído à nossa volta e se precisamos de descanso, de paz, basta abrir a porta mágica do sonho e sonhar. Trata-se de uma passagem secreta que nos leva ao encontro da felicidade. Cada um conhece o segredo do cofre, a senha de acesso a esta vereda encantada, capaz de nos abstrair de uma realidade nem sempre agradável ou pacífica.

Digo sempre que tudo está dentro de nós. Sim, existe o mundo exterior e cada coisa pertence a ele de forma intrínseca. Há coisas que não se dividem e não se separam. É o intocável mundo perfeito projetado por Deus, a Criação em toda majestade e grandeza e nela tudo flui de forma magnífica, na ordem natural regida pelo divino.

Mas dentro de nós habita a vontade, a inteligência, a sensibilidade, a capacidade de agir e de transformar o que precisa ser transformado. Se eu mudo, o mundo muda. Este reflexo é arrebatador. Toda mudança começa dentro de cada um de nós no mais pequenino gesto construtor. A menor e mínima mudança terá o mais espetacular e grandioso efeito nas leis do universo.

Tal atitude transformadora é o início de uma caminhada onde os frutos serão colhidos de acordo com a maturidade de cada pessoa. Há diferentes graus de crescimento e é preciso esforço diário para alcançar o patamar desejado.

Dentro de nós, na quietude da meditação e da oração, crescemos para um mundo imaterial, idealizado no amor, no bem e na justiça. Nesta passagem secreta da nossa alma somos transportados para um céu particular, onde nossos anseios diferem das coisas terrenas, dos bens materiais almejados de forma quase irracional.

Somos provados e testados todos os dias, a cada momento. Mesmo nossa fé é posta à prova, bem como a nossa paciência e a capacidade de suportar situações difíceis, nossa resistência a um cotidiano tecido de pura rotina, sem grandes atrativos.

É quando o sonho se torna nossa principal ferramenta no ofício de viver. Ele vai abrindo todas as portas, clareando vias escuras, permitindo enxergar o invisível, inspirando e amenizando nossa fome de vida. Vida e sonho. Haverá algo mais belo pelo que lutar?

Estamos num ano novo e, como é de praxe, são feitas promessas de renovação. Muitos prometeram a si mesmos mudar de emprego, deixar o cigarro, viajar, emagrecer, começar uma faculdade, encontrar um amor, casar. São projetos vazios se não levados a sério, com determinação. O ano novo em si não tem poder de nada. A força e o dom de transformação estão dentro de cada ser humano. Vida plena!

Deixe um comentário