Você decide o final

Os textos de diferentes autores publicados nesta seção não traduzem, necessariamente, a opinião do site. Sua publicação obedece ao propósito de estimular o debate e de refletir as diversas tendências do pensamento contemporâneo.

Tal e qual um programa, onde você escolhia o final, por pura semelhança estabeleço comparativo, depois do resultado emitido em laudo, pela CETESB contra a ETE – Piracicamirim, que tinha por objetivo aferir denúncias de maus odores levadas ao MP – Ministério Público de nossa cidade. Nesse laudo, técnicos que lá estiveram, emitiram parecer apontando a inexistência de odores que pudessem justificar a reclamação popular. Daí, é possível imaginar o seguinte: 1.) Se houve pré-agenda por conta da CETESB, por certo deram o chamado jeitinho brasileiro… se vem visita, a gente maquia/perfuma a casa, ou melhor, neutraliza a estação. 2.) Com esse resultado, dão a entender que os moradores do entorno, são sim, um bando de mentirosos… chorões, afinal, o que são só mais de duas décadas de falsas promessas e maus odores. Coisas do gênero, penso que deveriam ser feitas por amostragens de surpresa no local e no entorno, pois na noite da quarta passada, ao entrar na cidade passando pela ETE, esse odor externo era facilmente perceptível, mesmo com vidros fechados. Portanto, se essa vistoria não foi maquiada ou tão pouco os técnicos que estiveram por lá usaram máscaras, só me resta acreditar que estavam com os olfatos próprios estragados. Só pra lembrar, se justiça existisse nesse país ou em especial nessa cidade, por certo, esses moradores de há muito deveriam ter uma espécie de ‘bonificação’ nos IPTU’s, por conta de todo esse longevo transtorno causado por tamanho erro de projeto. Já tem até gente tentando, implorando pra vender imóveis na região. Um deles, até me contou a oferta de um conjunto de máscaras junto ao anúncio de venda ou troca de um imóvel local. Assim sendo, a meu ver, mais uma vez passaram as pernas nos moradores dos bairros limítrofes desse buraco fedido, pois se a nossa cidade é conhecida como a Noiva da Colina, dá bem pra entender qual parte do corpo ali, na estação, está. No entanto, como não quero levar a pecha da calúnia ou do mau humor, deixo pra que você decida o final de toda essa baboseira armada debaixo desses narizes, impregnados dos maus e estragados odores.

1 comentário

  1. Rubens Morandi Junior em 03/12/2013 às 17:26

    Bom, Vc que escreve tenho a seguinte opinião só funcionária a denuncia se alguém do MP ou CETESB tivesse residência no local. O meu descrédito é geral sobre valores moral e profissional aqui neste imenso país.

Deixe um comentário