Chácara Morato continua fascinante

*Artigo e fotos/imagens  retirados do livro “Piracicaba que amamos tanto”, de Cecílio Elias Netto.

chacara-morato

Na segunda imagem, a neta de Francisco, Cecília Helena Morato
Leme Ferrari, numa das salas da casa

Entre as belas propriedades de Piracicaba, permanece – ainda fascinante e histórica – a Chácara Morato, desdobrada de uma imensa propriedade rural. É outro espaço da sacralidade histórica piracicabana. Foi seu proprietário o célebre Francisco Morato, um dos pilares do Direito e da justiça brasileiros. Líder político, intelectual, jurista, Francisco Morato – cujo nome foi dado ao Fórum de São Paulo – simboliza o que a política de São Paulo teve de mais digno e honrado.

Foi nome de consenso para ser Governador de São Paulo na revolução de 1930, mas Getúlio Vargas ofereceu-lhe o Ministério da Justiça. Morato recusou o convite, indignado. E tornou-se um dos líderes da revolução paulista de 1932 para exigir, de Getúlio, a redemocratização do Brasil.

Sua devoção aos ideais republicanos é especialmente notável ao saber-se que ele era casado com Maria Conceição, filha do Barão da Serra Negra, e cunhado do Barão de Rezende. A Chácara Morato guarda a aura dessa alma piracicabana.

Deixe uma resposta