Reflexões de um velho aldeão

O profano no sagrado: um shopping entre fantasmas (3)

Esse possível novo shopping em lugar santo será sacrílego. Pois o profano não pode invadir o sagrado. O nome dessa tentativa ou ação é apenas um: profanação. E profanar o sagrado é atitude de loucos, suicidas, ou ignorantes.

Leia mais

E, de repente, silêncio sobre Cuba… (2)

“Tudo o que era sólido se desmancha no ar, tudo o que era sagrado é profanado, e as pessoas são finalmente forçadas a encarar com serenidade sua posição social e suas relações recíprocas.”

Leia mais

Corrupção, a galinha e o ovo (1)

Em minhas reflexões, estou tentando decifrar o enigma do ovo e da galinha. Quem veio primeiro? E na corrupção, quem vem primeiro; o corrupto ou o corruptor.

Leia mais