Crônica – quase sempre

Circo sem pão

A beleza de ser jovem está, penso eu, em sentir-se um deus em cada oportunidade. Deus dos céus, deus de…

Leia mais

E “estamos em jogo”

Há décadas, vivo diante de uma dúvida que se me torna existencial: a inteligência humana. São lendas demais tentando explicar…

Leia mais

Ela, eles, nós

Entristeceu-se o Brasil daqueles que a conheceram. Uma tristeza estranha, algo misturado a agradecimento e a veneração. Ela foi amada…

Leia mais

Pensar faz mal à saúde

Quando, agora, vejo e ouço falar de manifestações públicas, de rebeliões de massa, de campanhas pelo retorno da e à…

Leia mais

A arte de viver

Indagou-me, um generoso grupo de jovens, sobre a caminhada de um homem em direção à velhice. Se há perspectivas, alegrias,…

Leia mais

“Proibido jogar lixo”

Os que me conhecem sabem de minha incapacidade de organização. Consigo dizer que quase absoluta.  E de nada me adiantou…

Leia mais

Bença

Parece-me ouvir sussurros: “coisa de saudosista”.  Não o sou. No entanto, vejo-me, cada vez mais, construído pela saudade. Saudosistas e…

Leia mais