Peça aborda violência contra a mulher com música de Milton Nascimento

09.2019 – Teatro – Amanheceu – Pedro Nercessian

Engajada no combate à violência contra a mulher e abuso infanto-juvenil, a atriz Juliana Bebé encontrou uma forma inusitada de provocar reflexões sobre o tema: o uso de extrema sutileza para transitar entre a comédia e o drama no seu espetáculo solo, Amanheceu. Para tocar ainda mais a sensibilidade dos espectadores, a peça conta com uma música que Milton Nascimento compôs especialmente para o espetáculo.  A montagem teatral será encenada no Sesc Piracicaba no dia 18/9, às 20h, no Teatro. A classificação é de 12 anos.

A venda dos ingressos começa nesta terça-feira (10) pela internet, através do site sescsp.org.br/piracicaba; ou na quarta-feira (11), a partir das 17h30, nas Bilheterias do Sesc: R$ 17 (inteira), R$ 8,50 (meia entrada) e 5 (Credencial Plena).

Juliana Bebé apresenta as diversas formas de violência das quais as mulheres são vítimas a cada dia. Mais do que isso, a atriz consegue despertar a consciência do público para atos antes ignorados.  O objetivo é utilizar o teatro não só para entreter, mas também politizar e refletir sobre problemas da atualidade. “Quando eu soube que, no Brasil, uma mulher é agredida a cada quinze segundos, senti a extrema necessidade de usar o meu trabalho para colaborar com o fim dessa estatística. E assim nasceu Amanheceu”, explicou a atriz.

A peça discorre de forma direta e coloquial sobre o dia a dia de Maria da Silva, uma costureira, fã de música sertaneja, que passa as madrugadas trabalhando para entregar suas encomendas, tendo como companheiro fiel um rádio. Maria leva sua vida tranquilamente, com leveza e humor, até que numa noite insone acaba tomando conhecimento, através de seu rádio, de casos de violência contra a mulher. Assim, ela desperta para as ainda desconhecidas formas de violência das quais ela mesma foi vítima. A direção da montagem é de Laura Franco.

Juliana tem 34 anos, é formada em Artes Cênicas pela UFBA (Universidade Federal da Bahia). Com 17 anos de carreira esteve no elenco de peças reconhecidas no teatro baiano, como “Cama, Mesa e Banho”. Além de ter trabalhado em peças de autores renomados como: Arthur Azevedo, Caio Fernando Abreu, Nelson Rodrigues, Bernard Marie Koltes, dentre outros. Em 2010, mudou-se de Salvador para o Rio de Janeiro, já com temporadas fechadas para “Amanheceu”, do qual também é autora, sendo este seu primeiro trabalho solo, fruto de mais de três anos de pesquisa em gênero, focando a violência contra mulher, estudo este, orientado pela professora Juliana Ferrari.

Informações sobre o evento

Datas e horários

18/09/2019 20:00

Local

Sesi Piracicaba

Avenida Luiz Ralph Benatti, 600

Vila Industrial

CEP 13412-248

Piracicaba, SP

Ingressos

  • Valores: consulte o organizador
Aviso: as informações do evento são de responsabilidade do organizador e podem sofrer alterações sem aviso prévio. Confirme antes de sair de casa.

Deixe uma resposta