Arco, Tarco, Verva: Dicionário do Dialeto Caipiracicabano

Dado

Por esses fenômenos linguísticos, dado não é diferente. Nego dado é homossexual, bichona. Quando aparece alguém muito cavalheiro em Piracicaba – terra de cavalheiros mas home macho – há quem pergunte: “Ele é agradável, mas será que ele é dado…?” Nesse caso, dado corresponde a ser agradável. Mas, absurdamente, quando se fala que o nego não é dado, significa que ele é viado, é mole? Em Piracicaba, nego é viado por sê dado e por não sê dado. Não tem saída.

Deixe um comentário