XV empata sem gols com o Rio Branco

Em partida que prevaleceu o sistema defensivo das duas equipes, o XV de Piracicaba empatou com o Rio Branco, em Americana, pelo placar de 0 a 0 na tarde deste sábado, 11, pela sétima rodada da Copa Paulista 2012.

Com o resultado, o Alvinegro termina o dia ainda na liderança do grupo 3 com 11 pontos conquistados, podendo ser ultrapassado somente se o Paulista de Jundiaí vencer, neste domingo, o Independente de Limeira na casa do adversário.

Para o técnico Wagner de Moraes, seus comandados tentaram fugir da forte marcação do Tigre, mas infelizmente o gol não saiu. “Foi um jogo muito equilibrado, de poucas chances claras. O horário da partida também não ajudou. O calor estava muito forte e com isso os atletas se desgastaram mais. Apesar de não conseguirmos vencer, o resultado não é ruim, pois jogamos fora de casa e é sempre bom pontuar longe de Piracicaba”, comentou o treinador.

O próximo confronto do Alvinegro Piracicabano é contra a equipe do Paulista, em Jundiaí, no sábado, 18, a partir das 15 horas. “Sabemos da qualidade do Paulista, que foi o único time que nos derrotou neste primeiro turno. Vamos trabalhar durante a semana para buscar mais pontos lá em Jundiaí”, disse Moraes.

 

O JOGO

 Primeiro tempo

O jogo começou agitado dentro de campo, logo aos 5 minutos, Paulinho chutou forte e obrigou Eder a fazer boa defesa. Mas foi fora das quatro linhas, com uma lamentável confusão entre torcedores do XV e do Rio Branco nas arquibancadas do estádio Décio Vitta , que chamou mais a atenção durante os dez primeiros minutos de jogo. Contidos os ânimos, o foco voltou a ser o confronto entre o Alvinegro e o time de Americana.

Aos 24’, Denis recebeu na esquerda e tocou para Paulinho que, de calcanhar, ajeitou para André Cunha chutar por cima do gol. O Rio Branco atuava com três volantes e, com isso, poucas chances foram criadas no primeiro tempo. O XV apostava na velocidade e habilidade do atacante Paulinho, mas esbarrava no sistema defensivo do adversário. Com isso, a primeira etapa terminou mesmo em 0 a 0.

 

Segundo tempo

O segundo tempo também começou truncado com os defensores levando a melhor sobre os atacantes. O primeiro chute a gol alvinegro aconteceu somente aos 12 minutos, com Paulinho, mas a bola subiu demais e não assustou Eder.Aos 18 minutos, o técnico Wagner de Moraes colocou Willian no lugar de Flávio, em tentativa de mudar o panorama da partida. Dois minutos depois, Denis recebeu livre na esquerda e arriscou chute de fora da área que Eder defendeu em dois tempos.

Aos 30’, Denis invadiu a área e tocou para Willian chutar fraco de pé esquerdo e facilitar a defesa do goleiro do Tigre. Seis minutos depois, Paulinho acertou o jogador Jataí do Rio Branco e foi expulso. Com um homem a menos em campo, o treinador quinzista promoveu a entrada do volante Carlão no lugar de André Cunha. A equipe tocou bola e esperou o tempo passar. Com um a menos em campo, o empate já era um bom resultado. O Rio Branco pressionou nos minutos finais, mas não conseguiu marcar.

 

Ficha Técnica:

Copa Paulista 2012

7ª rodada

Rio Branco 0 x 0 XV de Piracicaba

Local – Estádio Décio Vitta, Americana

Árbitro – Givaldo Alves dos Santos

Assistentes – Mauricio Luiz Alexandrino e Edson Rodrigues dos Santos

Quarto árbitro – Renato de Carlos

Cartões Amarelos – Rodrigo Celeste (RB), Julio Cesar (RB), Flávio (XV)

Cartões Vermelhos – Paulinho

Público -515 pagantes

Renda – R$ 3.770,00

 XV de Piracicaba – Neto, Jhonatan, Everton, Sousa e Denis; Clayton, Rodolfo, André Cunha (Carlão) e Marlon (Givanildo); Paulinho e Flávio (Willian). Técnico Wagner de Moraes

 Rio Branco – Eder, Ricardo Lopes, Bernardi, Airton, Julio Cesar, André Luiz, Rodrigo Celeste, Jataí, Tito (Sandro Hiroshi), Daniel Costa (Juca) e Índio (Alex Sousa). Técnico Paulo Mori

Conteúdo relacionado

Deixe uma resposta