XV mostra raça, mas é derrotado pelo Palmeiras no Allianz Parque

O XV de Piracicaba visitou na manhã deste domingo, 15, o Palmeiras no Allianz Parque pela décima rodada do Campeonato Paulista e acabou sofrendo uma derrota pelo placar de 1 a 0, após gol marcado pelo volante Gabriel aos 40 minutos do segundo tempo. Apesar do revés, o Alvinegro demonstrou valentia e determinação durante todo o confronto e por pouco não saiu da capital com um resultado melhor.

O técnico Toninho Cecílio poupou a arbitragem, embora a atuação de Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral tenha prejudicado o desempenho de seus comandados na segunda etapa do jogo, quando o árbitro distribuiu cartões amarelos ao time quinzista. “Tivemos chances até para sair com a vitória, mas infelizmente não aproveitamos. Jogar contra o Palmeiras aqui é difícil. Os jogadores estão de parabéns pela entrega dentro de campo”, comentou o treinador.

Com o resultado, o XV permanece com dez pontos conquistados e agora ocupa a terceira posição do grupo D. O Nhô Quim foca a sua atenção para o próximo compromisso da equipe na competição estadual, que acontece no sábado, 21, às 18h30, no estádio Barão da Serra Negra, contra o São Bento.

O JOGO

A partida começou com o Palmeiras tentando aproveitar a força de seu novo estádio e da torcida para pressionar do XV de Piracicaba. Arouca, aos 4’, arriscou chute e Roberto fez a defesa. Dois minutos depois, Zé Roberto invadiu a área e, no momento do chute, foi travado pelo zagueiro Airton.

Bem postado em seu campo defensivo, o Alvinegro conseguiu diminuir o ímpeto do time da casa e começou a se arriscar no ataque aos 15 minutos. Tony fez o cruzamento em direção ao gol e a bola passou com perigo por toda a extensão da área de Fernando Prass.

O primeiro tempo seguiu com o adversário tentando encontrar espaços na defesa do Nhô Quim, que continuou prevalecendo sobre o ataque palestrino, que só voltou a assustar o goleiro Roberto aos 37’, mas o arqueiro quinzista fez boa defesa.

Na segunda etapa, o árbitro da partida, Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral, resolveu distribuir cartões para o time quinzista, o que atrapalhou o desempenho dos comandados do técnico Toninho Cecílio. Mesmo assim, o XV de Piracicaba criou boas chances de marcar, como aos 3 minutos, quando Paulinho cabeceou bola cruzada por Fernandes e quase abriu o placar.

A partida ficou mais complicado aos 21’, após o meio campista Tony receber o segundo cartão amarelo e ser expulso do jogo. Valente, o Alvinegro conseguiu segurar a pressão do Palmeiras até os 40 minutos, quando Gabriel acertou o canto direito de Roberto e decretou a vitória do rival.

Ficha Técnica

Campeonato Paulista 2015 – 1ª Fase
10ª rodada

Palmeiras 1 x 0 XV de Piracicaba

Data – 15/03/2015
Horário – 11h00
Local – Allianz Parque, São Paulo
Árbitro – Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral
Auxiliares – Fabrício Porfírio de Moura e Mauro André de Freitas
Quarto árbitro – Flávio Rodrigues de Souza
Gols – Gabriel aos 40’/2T (SEP)
Cartões Amarelos –
Victor Hugo, Arouca, Zé Roberto (SEP), Diego Silva, Clayton, Ednei, Tony (XV)
Cartões Vermelhos –
Tony (XV)
Público –
26.199
Renda –
R$1.897.635,00

Palmeiras – Fernando Prass, Lucas, Victor Hugo, Tóbio, Zé Roberto, Gabriel, Arouca (Leandro Pereira), Robinho, Allione (Gabriel Jesus), Dudu e Cristaldo (Ryder). Técnico Oswaldo de Oliveira

XV de Piracicaba – Roberto, Ednei, Leonardo Luiz, Airton, Fernandes, Clayton, Diego Silva, Tony, Paulinho (Tiago), Bruninho (Chico) e Roni (Éder Sciola). Técnico Toninho Cecílio

Deixe um comentário