Exposição mescla fotografia, vídeo, som e iluminação

Este mês os espaços do hall do prédio administrativo da Unimep recebem um trabalho diferente. Trata-se da exposição Pulsar – A Existência da Vida Humana, que envolve todas as vertentes do audiovisual: som, luz, imagem sequencial (vídeo) e imagem estática (fotografia). A mostra é assinada por Rober Caprecci, Fábio Mendes e Rafael Galdino. As visitações ocorrem de 5 a 26 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 22h, e aos sábados, das 8h às 16h. A entrada é gratuita.

As fotografias que integram a mostra são do fotógrafo Fábio Mendes. São sete imagens de 30 x 30 centímetros, que retratam pessoas com mais de 60 anos. Também há depoimentos de áudio, onde os personagens retratados destacam o significado da vida para eles. Dessa forma, os visitantes podem ver e ouvir cada um deles.

O vídeo que também faz parte da exposição conta a história da vida de seus produtores, Caprecci e Galdino, dividida em passado, presente e futuro, tendo como vertente as teorias de Sêneca (Lucius Annaeus Sêneca, escritor e filósofo do Império Romano). Dentre os materiais utilizados para a composição do vídeo estão imagens de arquivos pessoais abstratos e trechos dos pensamentos de Sêneca.

Exposição Pulsar – A Existência da Vida Humana, de Rober Caprecci, Fábio Mendes e Rafael Galdino. Visitações de 5 a 26 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 22h, e aos sábados, das 8h às 16h. A entrada é gratuita. Informações: (19) 3124-1512.

Deixe um comentário