Mestre do fotojornalismo

pauleo

Pauleo

Nesses tempos de selfie, Paulo Alcides Tibério, o Pauléo, ainda faz foto com sua velha Nikon. Hoje ele não atua mais em jornais, apesar da paixão que sente pelo ambiente de redação – ou melhor, ele sempre gostou mesmo é da rua -, mas o olhar de fotógrafo continua a toda. E é isso que ele mostra na exposição O Poder de Parar o Tempo, que fica em cartaz até 30 de dezembro no Sesc.

Hoje com 61 anos, Pauléo dedicou 26 anos de sua vida ao fotojornalismo, de 1978 a 2014. Começou como garoto, como entregador do Jornal de Piracicaba, onde construiu a maior parte de sua carreira, com uma passagem também em Americana. Pauléo sempre gostou do lado social do fotojornalismo.

Cobriu tragédias pessoais, como a de uma mãe que num acampamento de sem-terra ofereceu seu bebê, a menina que sobrevivia num lixão, a seca e as enchentes do rio Piracicaba, e o último registro de Chico Mendes, que lhe deu fama nacional. A visão das fotos também permite observar o crescimento e as mudanças de Piracicaba. Horário de visitação de terça a sexta das 13h30 às 21h30. O Sesc Piracicaba fica à Rua Ipiranga, 155, Centro, telefone 3437-9292.

 

2 comentários

  1. Mary Allegretti em 04/10/2017 às 19:28

    Olá, boa tarde.
    Sou antropóloga, trabalhei muitos anos com Chico Mendes e faço parte de uma comissão responsável por planejar um evento para lembrar os 30 anos do assassinato de Chico Mendes, em dezembro de 2018 em Xapuri, no Acre. Ver no facebook: “Chico Mendes – 30 Anos: Uma Memória a Honrar. Um Legado a Celebrar”.
    Gostaria do contato do jornalista Paulo Alcides Tibério, o Pauléo, para convidá-lo para participar desa programação. Obrigada.

  2. FABIO RUBINATO em 05/10/2017 às 11:55

    VOU LÁ VER

Deixe um comentário