Meuza Mendonça Lopes

22/06/33

A expressão artística, no presente, tem um conceito diferente, no julgamento do “belo”. A artista, quando pinta, transporta-se no mundo das cores e nos efeitos que elas causam. Aqui retrata Piracicaba e seu rio – suas enchentes e suas vazões, respeitando a memória desses lugares. A arte e o belo, portanto, são comunicação, onde “o estilo de cada artista deve expressar trabalho, com critério e responsabilidade”. Possui obras em diversos países – EUA, Canadá, Inglaterra, Suíça, Alemanha, Argentina e Paraguai. Recebeu Medalha de Ouro, em 1999 em Amparo, Medalha de Bronze, em 1997 em Piracicaba e Menções Honrosas.

Obras

Véu da Noiva quando o rio está cheio – 1999
óleo s/ duratex – 50 x 70 cm

Casa do Povoador antes da restauração – 1999
óleo s/ duratex – 50 x 70 cm

Deixe um comentário