Arco, Tarco, Verva: Dicionário do Dialeto Caipiracicabano

Batuta

Pode ser, como no resto do Brasil, aquele bastãozinho do maestro para reger a orquestra. Mas é mais do que isso. Aquela batuta, do maestro, é conhecida, em Piracicaba, como pauzinho do maestro. Ou a vara do maestro. Batuta refere-se a tudo que é coisa boa, a gente e ações também boas. Muié, depois do amor, pra deixar contente o homem dela: “Ai, mor, hoje ocê tava impossive. Foi bão demai, ocê é batuta pra caraio.” Geralmente, é mentira. Se gerente de banco empresta dinheiro, o nego é batuta. Se não empresta, é fiádaputa. A vida é cruel também em Piracicaba.

Deixe um comentário