Raulen reencontra Cleber Gaúcho em chegada cheia de otimismo ao XV

DSC_0052

Mesmo com o bom início na Copa Paulista, o XV de Piracicaba, líder do grupo 3 e invicto até o momento, segue se mexendo nos bastidores. Na tarde desta quarta-feira, 3, o lateral-direito Raulen, ex-São Paulo-RS, foi apresentado como reforço do clube para a sequência da temporada. Aos 32 anos de idade, o atleta, revelado pelo São Caetano, retorna ao estado de São Paulo, onde atuou também por Santo André e Ponte Preta.

O jogador foi só elogios aos seus novos companheiros e ressaltou que chega para somar no elenco que busca o título do torneio estadual.  “A expectativa é muito boa, até porque a equipe vem muito bem na competição. O que venho acompanhando me gerou muito otimismo. Chego para colaborar, espero corresponder a todos com meu melhor e que consigamos alcançar nossos objetivos”, disse.

Com as contusões de Pedro Balu e Vitor, quem tem atuado na lateral-direita é o volante Zé Mateus, que vem agradando tanto a comissão técnica quanto os torcedores do XV. “Não podemos ter rivalidade dentro do grupo e sim cada um buscar seu espaço, colocando o que tem de melhor para uma evolução. Então vejo isso como positivo. É assim que se forma grandes jogadores, boas equipes, tendo essa rivalidade saudável”, falou Raulen sobre a disputa pela vaga de titular no time.

Nem mesmo o fato ter atuado com o ainda jogador Cleber Gaúcho o credencia, segundo o próprio Raulen, a tomar conta da posição. “Eu joguei com ele em 2010 no Brasil de Pelotas. Não tive a oportunidade de trabalhar com ele como treinador. Tive um contato muito rápido na minha chegada, mas acho que isso não muda, é da pessoa essa vontade de querer ganhar, de querer fazer o máximo. Ele vai colocar o que tem de melhor e vou procurar fazer o meu melhor também para estar disponível quando ele precisar”, analisou.

O XV de Piracicaba volta a campo pela Copa Paulista na próxima sexta-feira, 5, quando recebe o Red Bull no Estádio Municipal Barão da Serra Negra, a partir das 20h00. O duelo vale a ponta do grupo 3, já que o Nhô Quim, com 11 pontos ganhos, é seguido de perto pelo seu próximo adversário, que tem um ponto a menos na classificação.

Deixe um comentário