Alunos da rede municipal de ensino conhecem o mar em Ubatuba

thumb.aspxNo período de 14 a 18 de janeiro, 24 alunos das Escolas Municipais Elisabeth Consolmagno Cruz, Wilson Guidotti, Edilene Marli Borghesi e Thales Castanho de Andrade e mais 16 crianças e adolescentes do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case), da Semdes, participaram do programa “Turismo do Saber – interior na praia”. Trata-se de uma iniciativa da Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, que tem o objetivo de proporcionar ao participante uma nova experiência de vida por meio do turismo. Nesse ano, 40 crianças de 9 a 11 anos de idade foram ao litoral, com todas as despesas pagas, conhecer o mar. Além de Piracicaba, mais 31 cidades se inscreveram e foram sorteadas.

A Secretária de Educação, Ângela Corrêa, destaca e agradece o apoio da Merenda Escolar e do Setor de Saúde do Escolar; da Semdes e das Secretarias de Turismo e Saúde, em especial os Dr. Antonio Carlos da Fonseca e Dr. Luis Fernando Barbosa, “que gentilmente consultaram as crianças, fornecendo os atestados médicos para a realização da viagem”. Segundo ela, foi imprescindível a autorização dos pais.

Para a supervisora Iara Rodrigues, da Secretaria Municipal de Educação, realmente uma oportunidade única para os alunos, pois eles puderam fazer “esse maravilhoso passeio ao litoral paulista pela primeira vez e com tudo grátis”. Iara conta que a principal curiosidade dos pequenos turistas era saber o porquê e quem havia colocado tanto sal na água do mar.

Além do tão esperado banho de praia, foi preparado pela cidade de Ubatuba uma extensa programação de atividades e passeios. Em uma semana, os participantes conheceram diversas praias, entre elas Ilha Bela, Ubatumirim, Perequê Açu e Fazenda. O grupo também velejou e conheceu projetos da cidade, como: Tamar, Casarão do Turismo e o Teatro, onde assistiram a uma peça sobre a lenda de Ubatuba.

Finalidades do Programa “Turismo do Saber”

Realizar atividades lúdicas, para provocar a imersão da criança no cenário turístico municipal:

•diferentes culturas, hábitos e ambientes;

•recursos naturais, históricos, arquitetônicos, sociais e turísticos;

•maior vivência social, por meio do estreitamento de relacionamentos durante a viagem;

Proporcionar à criança uma nova experiência de vida por meio do turismo: agregar valores, ampliar horizontes e enriquecer o conhecimento.

Apelo turístico

Valorização e promoção das Regiões Turísticas do Estado;

Participação das instâncias locais (municípios) de turismo;

Criação de material turístico específico para crianças.

1 comentário

  1. mara lima(maria lucimar) em 18/09/2013 às 19:43

    parabens nossa escola wilson guidotti esta de parabens 🙂

Deixe um comentário