Mostra O Efeito Beija-Flor abre nesta sexta-feira

Um evento que mistura arte e solidariedade será aberto nesta sexta-feira, dia 27 de julho, às 20h, no Museu Histórico e Pedagógico Prudente de Moraes. É a Mostra Efeito Beija-Flor, da Barce Foundation, criada pelos artistas plásticos Marcelo Gimenes (piracicabano residente na Holanda) e Jaap Snijder, em prol da Vaccip (Voluntários em Ação Contra o Câncer Infantil de Piracicaba). O evento, que vai até 5 de agosto, tem apoio da prefeitura, por meio da Secretaria Municipal da Ação Cultural, e do próprio museu.

A mostra reúne 35 gravuras únicas e emolduradas (43 cm x 33 cm), doadas pelos dois artistas. “O Efeito Beija-Flor é um projeto de nível internacional e tem o intuito de conscientizar a população mundial sobre a necessidade de apoio aos mais necessitados”, explica Gimenes, que estará em Piracicaba na abertura da exposição.

Criado pela Barce Foundation, em 2010, o projeto é baseado numa lenda tupi-guarani que conta o empenho de um beija-flor em apagar as chamas que consumiam uma floresta, transportando água em seu bico. A fundação organiza uma rifa das obras, que serão sorteadas durante o evento. São 7.500 números. E toda a renda irá para a Vaccip, entidade beneficente, sem fins lucrativos, que atua com uma equipe de voluntários. A Fundação Barce inicia e financia projetos culturais para adultos e crianças carentes no Brasil. Sem fins lucrativos, a entidade arrecada fundos por meio da venda de obras de arte a preços acessíveis.

 

Deixe um comentário