Salão de Humor encerra três paralelas esta semana

Essa é a última semana para visitar três das 26 mostras paralelas do Salão. Este Salão é uma Piada, abrigada no Aeroporto Internacional de Viracopos, fica em cartaz até quinta-feira (20), todos os dias, durante o dia todo. No Terminal de Passageiros, o público confere uma seleção de cartuns premiados no evento. A realização é da Secretaria da Ação Cultural de Piracicaba e do CEDHU Piracicaba (Centro Nacional de Humor Gráfico), em parceria com o aeroporto.

Por dia, Viracopos registra a circulação de 24 mil passageiros. “É uma parceria muito importante para o Salão, por conta do grande fluxo de pessoas que circulam pelo espaço, de várias partes do mundo”, afirma Eduardo Grosso, diretor do CEDHU. Entre os artistas que compõem a mostra está o campineiro Dálcio Machado, vencedor do prêmio Internet em 1996. Há também obras dos primeiros anos do Salão, como o cartum de Alcy Linares que figurou na segunda edição, em 1975.

No domingo (23), o Salão encerra mais duas mostras paralelas. Comunicação e Tecnologias, no Shopping Piracicaba, e Famosos em Traços Engraçados, no Clube Recreativo Cristóvão Colombo. No shopping, estão expostos, de segunda a sábado, das 10h às 22h, e domingos e feriados, das 11h às 20h, cartuns selecionados para a 13ª edição do PortoCartoon/2011, organizada pelo Museu Nacional da Imprensa de Porto, em Portugal.

Famosos em Traços Engraçados traz ao Clube Cristóvão caricaturas do acervo do Salão que retratam personalidades do esporte, da política e da cultura no Brasil e no mundo. Visitas podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 21h, aos sábados, das 8h às 17h, e aos domingos e feriados, das 8h ao meio-dia. “Caricatura é a categoria com maior número de inscrições no Salão. Sem dúvida essa é a parte que os visitantes mais gostam”, diz Grosso.

Realizado pela Prefeitura do Município de Piracicaba, por meio da Secretaria da Ação Cultural e do CEDHU Piracicaba, o Salão de Humor promove em 2012 a maior mostra na história do evento. São 436 obras, divididas em 100 cartuns, 89 caricaturas, 76 charges, 78 tiras/HQs, oito peças tridimensionais e 85 trabalhos com o tema intolerância produzidos por artistas de todos os estados brasileiros e de 64 países. Os trabalhos estão em cartaz no Armazém 14 do Engenho Central (avenida Maurice Allain, 454), com visitas gratuitas de terça a quinta-feira, das 14h às 18h, e sextas, sábados, domingos e feriados, das 10h às 21h.

Deixe um comentário