Quando surgiu o nome “Rua do Porto”?

Este conteúdo foi publicado no “Almanak de Piracicaba”, editado pelo jornalista Cecílio Elias Netto, do jornal impresso “A Província”, que circulou como suplemento do jornal “A Tribuna Piracicabana”. Para este projeto, foram elaborados vários fascículos ao longo do período de novembro de 1995 a agosto de 1997.

nome Rua do Porto

Pelo menos até 1863, os piracicabanos chamavam aquela rua, à beira-rio, de Rua da Praia. Havia, onde hoje é a rua Prudente de Morais, a Rua dos Pescadores. Em 9 de abril de 1863, há o primeiro registro histórico de aquela rua, da Praia, ser chamada de Rua do Porto. Na foto, de autor desconhecido, provavelmente dos anos 20, uma festa, com banda e tudo, na Rua do Porto. Observe-se o velho calhambeque, da marca Fiat.

Nas cidades, quase sempre antes de as ruas terem denominações oficiais, elas passam a ter nomes que o povo lhes dá. A atual Rua do Porto – nome que vereadores, de quando em quando, tentam mudar – foi, anteriormente, Rua da Praia. Com o tempo, a Rua da Praia teve, realmente, um pequeno porto para transportes de cargas, para atracamento de embarcações. Vai daí, tornou-se a Rua do Porto.

Leandro Guerrini, um dos maiores estudiosos da história piracicabana em todos os tempos, diz ter encontrado, nos registros oficiais da cidade, a primeira citação de “Rua do Porto”, num documento de 9 de abril de 1863. Tratava-se da autorização para pagar 193$600 a um certo sr. Oliveira Leme, “encarregado de mandar plantar as árvores em roda do pátio da Matriz e pela Rua do Porto”. É a primeira referência oficial ao nome da rua famosa.

Uma sugestão: por que não transformar o dia 9 de abril em data oficial da Rua do Porto, tornando-a data turística, de grandes festas e comemorações?

 

Outros conteúdos estão reunidos na TAG Almanak de Piracicaba.

Deixe uma resposta