Superstições caipiracicabanas: ritual para prender o Saci

Na velha alma piracicabana, o Saci existe. É uma assombração que costuma fazermolecagens, importunando principalmente os cavalos. O Saci dá nó na crina dos cavalos, chupa o sangue deles, faz todas as traquinagens. Há, porém, um ritual para se prender o Saci. O segredo foi revelado por Mestre Barnabé, preto velho, sanfoneiro nas festas piracicabanas no início do Século. Eis a receita de Mestre Barnabé:

“Quando se estiver no mato, deve-se sempre ter à mão uma peneira grande de abanar café, e um rosário no bolso. Assim que se enxergar um redemoinho, deve-se correr e, então, atirar a peneira e o rosário no redemoinho, com o rosário embaixo da peneira. Se o Saci não fugir antes, deve-se pegá-lo e dizer: “vamos fazer um contrato. Pela santa cruz desse rosário, se você não chupar mais o sangue dos meus cavalos eu solto você; senão, você ficará preso aqui para sempre. Como o Saci não é bobo, ele aceita o acordo e vai embora.”

Deixe um comentário